Notícias que impactam suas ações e investimentos!

Acionistas da IRB Brasil aprovam desdobramento

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Investing.com – O IRB Brasil (SA:IRBR3) informou que a Assembleia Geral Extraordinária aprovou o desdobramento das ações da companhia, sem alteração do seu capital social. Com isso, cada ativo de emissão da companhia será desdobrada em três ações, passando de 312 milhões para 936 milhões.

De acordo com o banco as ações resultantes do desdobramento aprovado conferirão integralmente aos seus titulares os mesmos direitos das ações ordinárias existentes, inclusive em relação à distribuição de dividendos e/ou juros sobre capital próprio e eventuais remunerações de capital que vierem a ser distribuídas pela companhia.

O IRB (SA:IRBR3) informou ainda que as ações de sua emissão passarão a ser negociadas ex-desdobramento a partir do dia 26 de setembro de 2019, levando em consideração a posição acionária com data-base de 25 de setembro de 2019.

As ações resultantes do referido desdobramento serão creditadas aos acionistas no dia 30 de setembro de 2019. Considerando que o desdobramento de ações será realizado de forma que cada ação seja desdobrada três ações da mesma espécie, não haverá sobras decorrentes de frações de ações.

A AGE havia sido convocada no final de agosto, quando o conselho de administração do IRB Brasil (SA:IRBR3) aprovou a decisão e submeteu a proposta para deliberação de seus acionistas.

2º Trimestre

O IRB Brasil (SA:IRBR3) conseguiu um ganho de 35% a mais no lucro do segundo trimestre, em comparação com o mesmo período do ano passado. Dessa forma, a empresa privada mostrou-se mais otimista em relação ao crescimento de prêmios emitidos para este ano.

Os dados foram divulgados no dia 5 de agosto pela companhia. O lucro líquido trimestral registrado pela empresa foi de R$ 388,4 milhões. Em julho, a IRB Brasil (SA:IRBR3) teve uma parte do capital negociada pela BB (SA:BBAS3) Seguros e pelo Governo Federal. O lucro líquido dos primeiros seis meses da empresa, neste ano, foi de R$ 738,9 milhões, uma alta de 37% em relação a 2018.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!