B3 avança mais de 1% após reverter decisão no Carf em processo de R$ 3,3 bilhões

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Investing.com – Na parte da tarde desta quinta-feira na bolsa paulista, as ações da B3 operam com valorização após, na quarta-feira, obter decisão favorável no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) envolvendo ágio na incorporação da Bovespa, há cerca de uma década, num processo avaliado em cerca de R$ 3,3 bilhões.

Com isso, por volta das 12h45, as ações da companhia B3SA3 avançam 1,73% a 45,98.

A câmara baixa do Carf proferiu decisão favorável ao recurso apresentado pela B3, informou a companhia em comunicado.

A empresa contesta uma multa aplicada pela Receita Federal, que questionou a amortização, para fins fiscais, nos exercícios de 2012 e 2013, do ágio gerado na incorporação da Bovespa pela então BM&F, em março de 2008, que deu origem à B3.

“Segundo a opinião de nossos assessores legais, a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional pode apresentar recurso da decisão”, afirmou a B3 no documento.

No dia 11 de setembro, a operadora da bolsa de valores de São Paulo., havia informado que o Carf acatou recurso da Procuradoria Geral da Fazenda no caso bilionário em que a empresa é acusada de ter amortizado irregularmente o ágio gerado pela incorporação da Bovespa Holding, em 2008.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!