Notícias que impactam suas ações e investimentos!

BTG troca Bradesco, Multiplan e Kroton por Petrobras, Cyrela e SulAmérica no mês

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Investing.com – O BTG Pactual divulgou na manhã desta terça-feira sua carteira recomendada para o mês de outubro, optando por realizar três trocas, com as saídas de Bradesco, Multiplan e Kroton, para dar entrada para Petrobras, Cyrela e SulAmérica.

Em setembro as recomendações do BTG tiveram ganhos de 4,3%, superando o desempenho do Ibovespa, que foi de 3,6%. Multiplan com ganhos de 11,0%, foi o destaque positivo e, com queda de 20,1%, Oi ficou na ponta oposta.

Para o BTG, embora a economia do Brasil permaneça fraca e o ritmo de recuperação econômica tenha sido decepcionantemente lento, a tendência de uma melhor atividade econômica foi apoiada pelo último lote de dados. O portfólio permanece inclinado para cima e focado em ações de alta qualidade, com histórico de fortes resultados e exposto principalmente a ações que se beneficiam diretamente da recuperação econômica esperada do Brasil e das taxas mais baixas de LT.

Petrobras

A volta da estatal, no lugar do Bradesco, é justificada pela alocação sensata de capital, desalavancagem e uma equipe de gestão politicamente independente. Com isso, eles esperam resultados sólidos no 3T19. A equipe destaca que, depois de uma decepcionante impressão de produção de petróleo no segundo trimestre, a Petrobras conseguiu registrar fortes números de produção em julho e agosto, deixando os analistas confiantes de que entregará suas diretrizes de produção para o ano. Em 5x 2020 EV / EBITDA, está sendo negociado em linha com os pares globais e crescendo mais rapidamente.

Cyrela e SulAmérica também entram na lista

A construtora Cyrela é outra recém-chegada este mês, pois deve continuar se beneficiando das baixas taxas de juros, forte aumento da demanda e menores estoques de imóveis, enquanto os ganhos do 3T devem ser sólidos. Já para a SulAmérica, o banco explica a entrada neste mês, refletindo seu portfólio mais sinérgico (integração de seguros odontológicos, de saúde e de vida) e alta exposição ao segmento de saúde rentável e em rápido crescimento. Dado o recente baixo desempenho das ações, eles consideram uma boa oportunidade de compra.

Software, consumidor e ações de CF de longa duração mantêm seus lugares

Além dos recém-chegados Petrobras, Cyrela e Sulamérica, o portfólio conta com a locadora de carros Localiza, varejista Renner, operadora ferroviária Rumo, fabricante de software Totvs, processador de carne JBS, a elétrica CPFL e operadora de telecomunicações Oi.

Composição: 15% – Petrobras, 10% – JBS, Lojas Renner, CPFL, Rumo, Localiza, Cyrela, SulAmérica, e Totvs; 5% – Oi (SA:OIBR4).

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!