Como investir 1000 reais? Entenda qual é a melhor opção! 

como investir 1000 reais
SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Recebeu FGTS ou PIS/PASEP? Vai receber as férias ou quer investir o dinheiro recebido no 13º? É comum as pessoas pensarem que não vale investir pequenas quantias, uma vez que só seria vantajoso caso a soma empregada fosse maior.

Entretanto, isso está longe de ser verdade. Há diversos tipos de aplicação que podem ser realizadas mesmo com pequenas somas. Por isso, nesta Spacedica, você vai entender como investir 1000 reais e escolher a melhor opção para o seu perfil.

Quer ter o melhor rendimento possível? Então, aprenda agora a fazer sua opção. Boa leitura!

Onde investir os R$ 1000 que tenho poupado?

Para começar a investir não é necessário ter muito dinheiro. Há várias aplicações financeiras disponíveis para os mais variados perfis e quantidade de recursos. Nesse universo de possibilidades, há aquelas que permitem aplicar de R$ 100 a R$ 1000 por mês. Com isso, pode-se construir uma renda interessante para o futuro.

Entretanto, o futuro investidor precisa ter disciplina para continuar poupando e perseverança para estudar o mercado financeiro, dedicando-se e cuidando das aplicações efetuadas. Para escolher as melhores opções é importante se basear no tripé dos investimentos: retorno, segurança e liquidez.

Para começar, você deve saber que retorno ou rentabilidade refere-se à remuneração que você receberá pelo dinheiro aplicado. A segurança diz sobre a solidez que o investimento tem, bem como sobre o risco que o investidor precisa assumir ao fazer a aplicação.

A liquidez, por sua vez, está relacionada ao prazo necessário para que a aplicação seja resgatada e os valores estejam disponíveis para outros fins.

Utilizando esses fatores e o seu perfil pessoal como bases, você já poderá ter uma ideia de onde o dinheiro pode ser investido.

Vale a pena investir R$ 1000 na poupança?

Embora aplicar o dinheiro na caderneta de poupança seja melhor do que deixá-lo na conta corrente, esse não é considerado um bom investimento, atualmente. Com a queda na taxa Selic, o rendimento da poupança diminuiu ainda mais, uma vez que está atrelado à taxa básica de juros da economia.

Mesmo quem tem um perfil conservador pode encontrar opções seguras e com maior rentabilidade. Ou seja, ainda que você tenha apenas R$ 1000 disponíveis, já pode pensar em alternativas à poupança.

Agora que você sabe que há opções melhores disponíveis, é hora de saber quais são. Descubra!

Existem bons investimentos com custo menor do que 1000 reais?

Veja agora quais são os investimentos com baixo custo que podem ser feitos por você.

Bolsa de valores

Se você já tem uma reserva de emergência e não precisará do dinheiro em curto prazo, a bolsa de valores se mostra uma boa opção. Entretanto, é necessário que você estabeleça um propósito, já que investir por investir não o motivará a poupar ainda mais. Você pode pensar em independência financeira, guardar para a educação dos filhos, comprar imóveis ou carros, fazer viagens, garantir a aposentadoria etc.

Lembre-se, porém, de que as aplicações na bolsa de valores não garantem qualquer tipo de rendimento futuro. Ou seja, é possível tanto ter grandes lucros quanto perdas estrondosas. Por isso, é essencial estudar para fazer os melhores investimentos e acompanhá-lo até que os melhores resultados sejam alcançados.

Fundos de ações

Uma das maneiras mais simples para aplicar o seu dinheiro em ações são os fundos de investimento em renda variável. Essa aplicação é, muitas vezes, atraente, por contar com diversas opções. É possível, por exemplo, investir em fundos que envolvam shopping centers, bancos e empresas de consumo.

Tesouro direto

Quem não quer contar com os riscos da renda variável, mas quer ter rentabilidade maior que a da poupança, vê no Tesouro Direto uma boa opção, já que os riscos são baixos. Para começar a investir, um capital de R$ 30 já é suficiente. Há uma grande variedade de títulos à venda, com diferentes indexadores, como o IPCA, e prazos de vencimento para até 2050. Os juros são pagos a cada semestre ou no vencimento.

Os riscos de perda de recursos se fazem presentes apenas se o investidor precisar retirar o dinheiro antes do prazo de vencimento.

Outros fundos de investimento

Alguns fundos permitem aplicações iniciais baixas, a partir de R$ 100, mas cobram taxas de administração e, eventualmente, de performance, o que pode reduzir sua rentabilidade. Por isso, antes de investir, é necessário estudar bem os custos envolvidos nas aplicações.

Os fundos DI são vinculados ao Certificado de Depósito Interbancário e estão relacionados aos juros presentes nos empréstimos entre os bancos.

Outras opções são os fundos de inflação e de crédito privado. No primeiro caso, estão atrelados ao Tesouro IPCA+ e acompanham a inflação e os juros fixados no momento da compra. No segundo, os títulos são emitidos por empresas privadas.

É possível investir pouco dinheiro e ganhar muito?

É comum que o investidor iniciante tenha o sonho de investir pouco e conseguir sua independência financeira rapidamente. Algumas empresas abordam esse sonho com propagandas em que pessoas com poucos recursos conseguiram grandes somas.

Entretanto, é necessário que o investidor, principalmente o iniciante, queira poupar e conseguir o máximo de rendimento com suas aplicações de maneira inteligente. Ou seja, sem esperar ganhar grandes somas. Caso contrário, ele pode ser levado a fazer aplicações que envolvam alto risco e perder todo o investimento.

Da mesma forma, é interessante diversificar as aplicações, garantindo que caso uma escolha não seja bem-sucedida, você ainda estará tranquilo.

Agora que você viu como investir 1000 reais, é hora de começar a se programar. Nunca é tarde demais para fazer as primeiras aplicações. Mas, como você viu, é importante ter conhecimento para fazer as melhores aplicações possíveis e não ter surpresas no futuro. Independentemente do seu perfil, há opções interessantes e mais vantajosas que a poupança.

Quer saber como fazer? Então, entre em contato com a SpaceMoney e saiba como podemos ajudá-lo a dar o primeiro passo nessa jornada.