Notícias que impactam suas ações e investimentos!

Diferentes modelos de assessoria financeira para cada perfil de cliente

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Como contei nos artigos anteriores, minha carreira no mercado financeiro sempre foi focada no atendimento a pessoas físicas. A porta de entrada foi a função de Agente Autônomo de Investimentos, e posteriormente, desenvolvi um modelo de negócio baseado no planejamento financeiro por meio de uma Consultoria de Valores Mobiliários.

Minha história continuou com a venda da minha consultoria para uma corretora, na qual realizamos a expansão do serviço de consultoria financeira em planejamento financeiro. Após o fim desse projeto, fui para uma gestora liderar uma equipe de atendimento a pessoas físicas.

Nessa gestora, os clientes eram atendidos por meio de carteiras administradas. Nesse modelo de trabalho, o cliente assina um contrato com a gestora que permite que o administrador de carteira tome decisões e execute as ordens em seu nome.

Esse é um modelo que dá liberdade para que o gestor tome as decisões pelo cliente de forma ágil e possa comprar e vender ativos no melhor preço possível no mercado. O cliente também fica liberado do trabalho operacional do dia a dia do mercado.

Como é um modelo em que o cliente delega todas as decisões e execuções para o profissional, a CVM exige que esse profissional possua o Certificado de Gestores ANBIMA (CGA) ou o Chartered Financial Analyst (CFA) e tenha experiência comprovada de mercado para certificá-lo. Além disso, a empresa de Gestão precisa seguir regras de compliance e contratar sistemas de risco e controle para que os clientes fiquem protegidos.

Durante muitos anos, esse serviço de carteira administrada era restrito aos family offices, empresas que cuidam do patrimônio de famílias multimilionárias.

Graças a sistemas de corretoras como o Hub Capital, que permitem automatizar partes do serviço que eram feitas manualmente, os family offices passarão a ser acessíveis a pessoas físicas comuns nos próximos anos.

Dessa forma, o mercado vai se desenvolvendo com boas opções para todos os tipos de pessoas físicas, que antes eram obrigadas a investir por meio de bancos de varejo. Existem clientes com perfil para ser atendido por cada participante do mercado.

No próximo artigo, falarei como escolher o melhor modelo de negócio para você de acordo com o perfil de cliente que você atende ou quer atender.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!