Notícias que impactam suas ações e investimentos!

EUA e China chegam a acordo preliminar sobre tarifas, diz Bloomberg

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Investing.com – Um acordo parcial para dar trégua à disputa comercial sino-americana teria sido fechado durante as negociações entre representantes de alto escalão de China e EUA nesta sexta-feira (11) em Washington, EUA. As informações são de fontes familiarizadas do assunto ouvidas pela agência Bloomberg.

O acordo temporário lançaria as bases para um acordo mais amplo a ser assinado pelos presidentes Donald Trump e Xi Jinping ainda este ano. De acordo com as fontes, a China concordaria com algumas concessões agrícolas e os EUA forneceriam algum alívio temporário.

 
Seu dinheiro pode render muito mais com a Genial!  INVISTA JÁ 
 

No entanto, o acordo pode passar por modificações durante o encontro de Trump com o vice-premiê chinês Liu He, que deve acontecer mais tarde em Washington.

Não há informações se o acordo tocou em pontos sensíveis à relação bilateral entre os dois países, como a transferência forçada de tecnologia de empresas estrangeiras que se instalam na China e acusação de roubo de propriedade intelectual pelos chineses. Como tampouco há relatos sobre consenso em relação à política cambial chinesa e a saída de empresas tecnológicas chinesas em uma lista negra elaborada pelo governo americano.

Vale ressaltar que a transferência compulsória de tecnologia é um ponto essencial no desenvolvimento econômico chinês nas últimas décadas.

Tuítes de Trump

O presidente Trump fez um tuíte durante a manhã sobre “coisas boas” estavam ocorrendo nas negociações de alto nível entre os dois países. O presidente acrescentou que, se houver um acordo, ele seria capaz de assiná-lo sem a necessidade de o Congresso aprová-lo.

Mercados

Às 15h38, o Ibovespa opera em alta de 1,88% a 103.753,40 pontos, com a máxima do dia a 104.380 pontos, enquanto o dólar é negociado a R$ 4,0941, baixa de 0,36%. Em Wall Street, Dow Jones e S&P 500 sobem 1,73%, enquanto Nasdaq 100 salta 1,99%.

Já os ativos de refúgios apresentam queda no preço. O ouro futuro caiu abaixo do preço simbólico de US$ 1.500, negociado em queda de 0,80% a US$ 1.488,95, enquanto o rendimento dos títulos públicos americanos sobe para 1,741% – os ganhos dos títulos sobem quando seus preços caem.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!