fbpx

Parceria r7.com

Por Gabriel Codas – Investing.com – A Guide Investimentos divulgou na tarde da última segunda-feira (10) a carteira recomendada de ações para a semana. Os analistas optaram por duas trocas, com as saídas Cogna (SA:COGN3) e Itaúsa (SA:ITSA4) para as entradas de B3 (SA:B3SA3) e JBS (SA:JBSS3)

Entre os dias 4 e 7 de agosto o portfólio teve perdas de 3,80%, diante de um Ibovespa com rendimento de -0,05%. O destaque positivo ficou para Lojas Americanas (SA:LAME4), com alta de 0,29% e Cogna negativo, recuando 7,13%.

Nesta semana, a opção dos analistas foi por realizar duas trocas na carteira. As mudanças visam a busca por ativos com maiores potenciais de ganhos no curto prazo, buscando aproveitar divulgações de resultados positivos. Dessa maneira, a escolha foi por retirar Cogna e Itaúsa, para inclusão de B3 e JBS.

Sobre B3, eles acreditam que o resultado do segundo trimestre deva ser bastante forte e impulsione o ativo, por mais que dados operacionais já tenham sido divulgados. Quanto a JBS, por mais que a empresa tenha sofrido com suspensões na produção de algumas plantas devido à Covid-19, a equipe segue com uma visão positiva, acreditando que a assimetria de preço é favorável para entrada no papel.

A avaliação é que a volatilidade deverá se manter elevada nos próximos dias, conforme os impactos da propagação do coronavírus na economia são mensurados, enquanto a reabertura de algumas economias é colocada em xeque.

Composição: BTG Pactual (SA:BPAC11), B3, JBS, Lojas Americanas e Via Varejo (SA:VVAR3).


Publicidade


  • Produtos/Serviços SpaceMoney

  • Parceria r7.com

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online
  • © 2020 – SpaceMoney Brasil Informações e Sistemas Ltda. Todos os Direitos Reservados.
    A SpaceMoney é um veículo informativo e não faz recomendações de investimentos, não podendo ser responsabilizada por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.