Notícias que impactam suas ações e investimentos!

Ibovespa encerra em queda por conflito entre EUA e China

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, encerrou o pregão desta terça-feira (08) em queda. Após enfrentar muita oscilação ao longo do dia, o fechamento teve desvalorização de 0,59% e 99.981,40 pontos.

Dólar

Na mesma direção, o dólar comercial terminou o dia em queda de 0,312%, cotado a R$ 4,091.

 
Seu dinheiro pode render muito mais com a Genial!  INVISTA JÁ 
 

Veja os principais influenciadores para esses desempenhos:

Adiamento da reforma da previdência

Na noite de ontem, foi divulgado que a votação em segundo turno da reforma deve ser apenas em 22 de outubro.

Segundo a presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, senadora Simone Tebet (MDB-MS), a data de votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) já não tem relevância, porque a reforma já é uma “realidade”.

Guerra comercial

Na tarde de hoje, os Estados Unidos restringiram as concessões de vistos a funcionários chineses ligados à detenção massiva de muçulmanos na província de Xinjiang. A notícia estressou os mercados no final da tarde.

NBA causa oscilação na bolsa

A China disse que sua emissora estatal suspenderá as transmissões de jogos da NBA. A medida é uma resposta à defesa do comissário da liga norte-americana de basquete, Adam Silver, de um tweet do gerente-geral do Houston Rockets, Dave Morey, que expressou apoio aos manifestantes pró-democracia em Hong Kong.

Espera por novo discurso de Jerome Powell

Ainda falando de exterior, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, realizou um discurso na tarde de hoje onde destacou os riscos geopolíticos para o mundo. Segundo Powell, o Fed quer que a inflação atinja o centro da meta, de 2%.

Leilão do petróleo

Um relatório divulgado pela XP Investimentos nesta manhã mostrou a expectativa do mercado com os preços do petróleo. O leilão de petróleo está previsto para ocorrer em novembro.

O Senado quer manter acordo aprovado na casa, que favorece as regiões Norte e Nordeste, enquanto a Câmara quer alterar o texto para destinar mais recursos para o Sul e Sudeste.

A saída para resolver o impasse pode vir de recursos destinados à União. A proposta é retirar R$ 4 bilhões adicionais do governo federal e distribuir os recursos aos estados pelos critérios da Lei Kandir, que favorece entes do Sul e Sudeste.

Indústria cresce em 11 estados brasileiros

Por fim, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou na manhã de hoje que a produção da indústria cresceu em 11 dos 15 estados pesquisados.

Na passagem de julho para agosto deste ano, os maiores avanços ocorreram no Amazonas (7,8%) e no Pará (6,8%).Outros locais que registraram expansão foram São Paulo (2,6%), Ceará (2,4%), Pernambuco (2,1%), Rio de Janeiro (1,3%), Mato Grosso (1,1%), Minas Gerais (1%), Paraná (0,3%), Região Nordeste (0,2%) e Goiás (0,2%).

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!