O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, opera na tarde desta segunda-feira (25) com queda de 0,37%, com 108.293,51 pontos, às 14h28. O mercado estava otimista com a perspectiva de avanço na “fase 1” do acordo comercial entre EUA e China.

Dólar

O dólar comercial está em alta de 0,57%, cotado a R$ 4,217, às 14h29.

Cenário externo

Guerra comercial

EUA e China sinalizaram que estão dispostos a avançar na resolução de acordos comerciais até o final do ano, o que gerou reflexos positivos nos mercados de ambos os países e nas bolsas asiáticas e europeias. Apesar disso, ainda existem impasses, dos dois lados, que impedem uma consolidação imediata do fim da guerra comercial. São eles: penas maiores para a violação da propriedade intelectual, do lado dos chineses, e a violência contra os manifestantes de Hong Kong, por parte dos americanos.

Cenário interno

Indicadores econômicos

Segundo o Boletim Focus, relatório que reúne as expectativas do mercado, do Banco Central, houve um aumento na expectativa de crescimento do PIB para 2019, subindo de 0,92% para 0,99%. Paulo Guedes, ministro da economia, destacou, na sexta-feira (22), que o país entra em um círculo virtuoso de queda de taxa de juros e crescimento econômico.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é uma prévia da inflação, registrou alta de 0,13%, chegando ao patamar de 3,46% para o ano. Cresceu, também, a expectativa para o PIB de 2020, que saiu de 2,17% para 2,20%. Já o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), conhecido como a “inflação do aluguel”, caiu de 5,45% para 5,41% para este ano.

A taxa básica de juros, a Selic, se manteve estável em 4,50% para 2019, mas teve alta, para 2020, de 0,25%, chegando ao patamar de 4,50%.

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online