Notícias que impactam suas ações e investimentos!

Ibovespa opera novamente em queda com derrotas no Congresso e dólar sobe puxado pelo exterior

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, iniciou a sessão desta quarta-feira (25) com mais uma queda. Às 10h14, o marcados totalizava 103.584, 97 e queda de 0,28%. Já às 12h58, a queda se amenizou para 0,12% e o total de pontos era 103.750,83.

Dólar

Em contraste, o dólar segue com mais um dia de altas. No mesmo horário, a alta era de 0,51% a R$ 4,191. Já às 12h59, registrava valorização de 0,182% cotado a R$ 4,1764.

As performances dos marcadores podem ser explicadas pelos principais acontecimentos do dia:

Cenário externo

Guerra comercial

Desde o início da semana, os mercados voltaram a reagir frente ao retorno dos atritos entre EUA e China.

Na terça-feira (24), a Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) tomou lugar em Nova Iorque e rendeu discursos bastantes polêmicos do presidente Donald Trump. Ele repreendeu as práticas comerciais da China dizendo que não aceitaria um “mau acordo” nas negociações comerciais entre os EUA e a China.

O principal diplomata da China reagiu às críticas e afirmou que Pequim não tinha intenção de iniciar uma guerra no cenário mundial e que não aceitaria ser ameaçado no comércio.

Mesmo com as farpas, as reuniões previstas para outubro seguem marcadas. Com isso, as bolsas se mantiveram em alta durante a manhã, assim como o dólar.

Impeachment de Donald Trump

Ontem, a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, do Partido Democrata, iniciou um inquérito de impeachment contra o presidente Donald Trump. A ação se deve por conta de relatos de que ele procurou ajuda estrangeira para difamar Joe Biden, candidato à presidência dos EUA.

Entretanto, Apesar do possível sucesso na Câmara, que é controlada pelo partido, é difícil que a acusação prospere no Senado, controlado pelos republicanos. Notamos que para ser removido do cargo, o presidente precisaria perder por 2/3 dos votos.

Brexit

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, voltou de Nova York nesta quarta-feira para enfrentar o Parlamento em uma sessão provavelmente tumultuada. No início da semana, a Suprema Corte decidiu de forma unânime que ele suspendeu ilegalmente a assembleia.

Assim, o mercado europeu deve seguir com algumas turbulências na sessão de hoje.

Cenário interno

Derrotas no Congresso

Ontem, 24, aconteceu o adiamento da votação da prioritária reforma da Previdência na CCJ do Senado. Agora, o parecer deve acontecer na próxima semana.

Além disso, o Congresso derrubou 18 dos 33 vetos presidenciais no projeto da Lei de Abuso de Autoridade.

Essa é uma forma do Senado protestar contra a operação contra o líder do governo, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Outra reação foi a derrubada de 18 vetos presidenciais à lei de abuso de autoridade. Reiteramos, no entanto, que não há resistência à previdência propriamente. Nosso cenário base ainda é de aprovação da reforma.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!