Produtos/Serviços Parceiros

Parceria r7.com

Na esteira dos aumentos em volume de crédito e das facilidades na desburocratização dos financiamentos imobiliários, principalmente pela Caixa Econômica Federal (CEF), o segmento de investimentos em loteamentos vem crescendo substancialmente. Muito disso se deve ao aumento da procura pela compra de casas no momento em que a Caixa voltou a financiar lotes urbanizados para o cliente final, com prestações consideravelmente mais baixas do que as loteadoras.

Em meados de agosto, a construtora MRV anunciou o IPO (abertura de capital na bolsa de valores) da Urba, com o objetivo de levantar R$ 1 bilhão para serem utilizados em compras de terrenos e capital de giro. A oferta deve ocorrer em outubro. 

A Urba pode atuar sozinha, criando loteamentos, ou em conjunto com a MRV, que poderia construir casas ou edifícios em sua parte do terreno. A estratégia é a procura de terrenos de mais de 1 milhão de metros quadrados nos limites dos municípios. Além do mercado de São Paulo e Minas Gerais, voltam a atenção para o Centro-Oeste, onde existe uma demanda grande que pode gerar um mercado muito promissor.

Outro IPO que está prestes a acontecer, provavelmente em setembro, é o da Alphaville Urbanismo, também estimado em R$ 1 bilhão de captação. De acordo com o prospecto da empresa, o uso principal dos recursos será para reduzir o endividamento. Além disso, pretende realizar a aquisição de terrenos e o aumento na participação de novos lançamentos.

Segurança e potencial de valorização

Um fator importante na procura pela aquisição de terrenos, além do uso próprio, é a segurança do investimento. Comparado a um imóvel construído, um terreno tem potencial de valorizar mais. 

Também não podemos esquecer da pandemia de Covid-19, que levou à busca por lugares descentralizados, com mais espaços e uma melhor qualidade de vida, já que o home-office foi adotado por uma série de empresas e muitas já sinalizaram que vão manter o trabalho remoto, seja permanentemente ou diminuindo as idas dos funcionários aos escritórios.

Por essas razões, os loteamentos imobiliários se apresentam como um dos principais produtos do setor no momento, com aceleração das vendas nos últimos meses em todos os perfis econômicos. Os mercados tradicionais, já consolidados, seja nas cidades dos maiores estados ou do interior do país, devem ser as principais regiões onde os investimentos serão realizados.

Leia outros artigos de Otávio Cavallini:

Publicidade


  • Produtos/Serviços SpaceMoney

  • Parceria r7.com

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online
  • © 2020 – SpaceMoney Brasil Informações e Sistemas Ltda. Todos os Direitos Reservados.
    A SpaceMoney é um veículo informativo e não faz recomendações de investimentos, não podendo ser responsabilizada por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.