Notícias que impactam suas ações e investimentos!

Oi perde 1,3 milhão de linhas móveis em 12 meses

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Números divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mostram que o Brasil tinha 228,25 milhões de linhas móveis em operação em agosto de 2019, menos 337,01 mil (-0,15%) na comparação com o mês anterior e redução de 6,11 milhões (-2,61%) nos últimos 12 meses. Em agosto, 122,35 milhões das linhas móveis eram pré-pagas (53,60% do total) e 105,90 milhões pós-pagas (46,40%). As linhas móveis pós-pagas cresceram 751,71 mil unidades (+0,71%) em relação a julho e registraram aumento de 10,99 milhões (+11,58%) nos últimos 12 meses.

Em agosto de 2019, a Vivo teve a maior participação de mercado com 73,67 milhões de linhas em operação (32,28% do total) seguida da Claro com 56,51 milhões (24,76%), da Tim com 54,68 milhões (23,96%) e da Oi com 37,51 milhões (16,43%).

As demais operadoras móveis detinham 5,88 milhões de linhas (2,57%). Com exceção da Claro que teve um acréscimo de 33,37 mil linhas entre julho e agosto de 2019 (+0,06%), as quatro grandes operadoras móveis nacionais apresentaram diminuição no total de linhas em operação tanto na variação de julho a agosto quanto nos últimos 12 meses.

A Oi, que passa por uma grave crise financeira, perdeu 27 mil assinantes de julho para agosto. No ano, são 197 mil linhas a menos e, em 12 meses, 1,338 milhão.

O post País tem 228 milhões de linhas de celular, 6 milhões menos que um ano atrás; Oi perde 1,3 milhão em 12 meses apareceu primeiro em Arena do Pavini.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!