Notícias que impactam suas ações e investimentos!

Ouro cai à medida que mercado corta apostas de queda do juro após Payroll

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Investing.com – Os preços do ouro caíam um pouco no início a e desta sexta-feira em Nova York, enquanto o rendimento dos títulos do Tesouro americano aumentava após o relatório mensal do mercado de trabalho mostrar que a economia dos EUA ainda estava adicionando empregos a uma taxa decente em setembro.

Às 11h, os futuros do ouro para entrega na bolsa Comex caíam 0,6% no dia, para US$ 1.505,15 por onça troy. Os ouro Spot caía 0,4%, para US$ 1.499,44.

 
Seu dinheiro rende mais na Órama!  ABRA SUA CONTA 
 

Enquanto isso, os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA subiam, com a nota do Tesouro de dois anos subindo para 1,42%, de 1,38% imediatamente antes do relatório de empregos.

Os rendimentos crescentes tornam os títulos mais atraentes em relação ao ouro, o que não oferece retorno nominal.

A taxa de desemprego caía para um nível mais baixo em 50 anos quando foram criados 136.000 empregos. Embora esteja abaixo do mês passado, o número de agosto foi revisado acentuadamente para 168.000.

Ao mesmo tempo, porém, os ganhos horários médios estagnaram ao longo do mês, quebrando uma série de ganhos sólidos nos últimos meses. Agora, eles cresceram apenas 2,9% no ano, tendo atingido o patamar de 3% na maior parte de 2019.

No total, os números foram suficientes para fazer com que os participantes do mercado reduzissem as apostas sobre futuros cortes nas taxas de juros do Federal Reserve, que haviam feito no início da semana em uma sucessão de pesquisas de negócios com um cenário terrível.

De acordo com a ferramenta monitor de taxas do Fed do Investing.com, as chances implícitas de outro corte de 25 pontos-base na reunião de política do Fed deste mês recuaram para 77%, depois de terem subido para quase 87% após a publicação dos índices mensais de gerente de compras do Supply Management no início da semana. Os dois haviam caído para mínimos de vários anos.

“A questão não é que a economia e o mercado de trabalho dos EUA sejam fracos, mas que um colapso na confiança diminua a atividade abaixo da velocidade historicamente baixa da economia”, disse Lena Komileva, diretora administrativa da consultoria de economia G+, via Twitter. Isso desencadeia “um ciclo vicioso recessivo de confiança, mercado de capitais (volatilidade) e do balanço da saúde financeira dos EUA”.

Se os números desta semana foram suficientes para mudar o pensamento do Fed sobre a necessidade de mais cortes nas taxas de juros isso pode ficar um pouco mais claro às 15h (horário de Brasília), quando o presidente Jerome Powell deve falar.

Entre outros ativos paraísos, os futuros da prata caíam 1,0%, para US$ 17,51 a onça, enquanto futuros da platina caíam 1,4%, para US$ 882,15 a onça.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!