Notícias que impactam suas ações e investimentos!

Positivo Tecnologia contrata BTG, Bradesco BBI e XP par follow-on, diz Estadão

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Investing.com – A Positivo Tecnologia é mais uma companhia que deve aproveitar o bom momento do mercado brasileiro de ações para realizar uma oferta subsequente de ações. Para isso, de acordo com a Coluna do Broad, do Estadão, já formou o sindicado de bancos para coordenar a operação, composto por BTG Pactual (SA:BPAC11), Bradesco BBI e XP Investimentos

A publicação destaca que, na prática, o follow-on vai representar um relançamento das ações da companhia na bolsa paulista, uma vez que os ativos hoje negociados possuem uma liquidez muita baixa.

Desta forma, informa o Estadão, o objetivo da oferta é levantar cerca de R$ 400 milhões, sendo que a companhia já havia informado ao mercado a intenção de realizar uma oferta de ações no Brasil e no exterior. Na época, destacou que “a efetiva realização da oferta, assim como seus termos e condições, incluindo, o volume a ser captado, o preço por ação e o cronograma para a sua implementação, estão sob análise da Companhia”.

Atualmente, o capital da companhia disponível para negociação na bolsa é de R$ 318,01 milhões, que são divididos em 86.414.592 milhões de ações em circulação. Em um ano, os papéis acumulam alta de 73,58% e de 64,29% desde o começo do ano, sendo que na última sexta-feira teve queda de 2,13% a R$ 3,68.

Na semana passada, foram realizadas duas ofertas de ações no mercado brasileiros, com a Sinqia e o Banco Pan (SA:BPAN4) emplacando a venda de seus papéis. Por outro lado, o Banrisul (SA:BRSR6) fracassou em seu follow-on de ações ordinárias (de menor liquidez), mesmo diante da promessa de realizar um programa de units e de reduzir o volume ofertado.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!