Produtos/Serviços Parceiros

Parceria r7.com

Por Gabriel Codas

Investing.com – Nesta terça-feira na Nasdaq, as ações da XP Inc (NASDAQ:XP) operam com queda, desempenho pior ao do índice de tecnologia na bolsa de Nova York. A maior companhia independente de assessoria de investimentos da América Latina anunciou ontem, após fechamento do mercado, uma oferta secundária de 19,5 milhões de ações. Além disso, a companhia e estimou que o lucro líquido do segundo trimestre pode alcançar até R$ 520 milhões, mais que o dobro do obtido um ano antes.

Por volta das 12h20, os ativos recuavam 0,92% a US$ 43,15. Nasdaq subia 1,28% a 10.000 pontos.

A oferta terá como vendedores o grupo de controladores da XP, chamado de XP Controle, que inclui o fundador e presidente, Guilherme Benchimol, e a norte-americana General Atlantic.

Desde o IPO, em dezembro do ano passado, as ações da XP acumulam valorização de 61%. O papel encerrou esta terça-feira em queda de 0,8% na bolsa de Nova York, a 43,52 dólares.

A companhia também divulgou projeções sobre seu resultado no segundo trimestre, incluindo estimativa de lucro líquido de 420 milhões a 520 milhões de reais, ante 228 milhões um ano antes.

A expectativa para a margem líquida ajustada é de entre 24% e 28%, contra 20% no segundo trimestre de 2019. Já a previsão para a receita bruta é de salto de 1,85 bilhão a 1,98 bilhão de reais, ante faturamento de 1,236 bilhão um ano antes.

A XP informou ainda que espera registrar em junho entrada líquida de recursos de entre 10 bilhões e 12 bilhões de reais, ante 8,3 bilhões em maio e 6,9 bilhões em abril.

Hedge funds

A XP Investimentos termina junho com a maior gestora de hedge funds do mundo disponível em sua plataforma e já negocia a presença de outras 10 casas globais até fim do ano, enquanto busca aumentar a sua oferta de produtos e se transformar em um hub para exposição a mercados no exterior.

“Ultimamente, com o cenário de juros tão baixos no Brasil, a procura por fundos internacionais tem aumentado bastante, então o foco da nossa área de relacionamento tem sido construir essa ponte do brasileiro com o exterior”, afirmou à Reuters Fabiano Cintra, especialista em fundos da XP.

No mês que vem, segundo ele, pelo menos mais duas gestoras do exterior devem estar acessíveis na plataforma da XP. Ele não deu detalhes, mais disse que o grupo avalia nomes regionais, em mercados emergentes e também na Europa. Nomes com expertise em ESG também estão no radar.

“Os próprios investidores estavam amadurecendo o conhecimento em fundos (no exterior), então havia uma parte educacional para fazer com nossos clientes e isso foi melhorando muito nos últimos anos”, acrescentou Leon Goldberg, sócio da XP, responsável pelo relacionamento institucional com gestoras.

Compra de fintech

A XP Inc informou nesta terça-feira a a aquisição de participação majoritária na fintech Antecipa, plataforma digital de antecipação de recebíveis, sendo vista pela companhia como uma oportunidade para ampliar a grade de produtos e reforçar a presença nos segmentos middle e corporate no Brasil, possibilitando seguir o mesmo caminho de transformação realizado no varejo, na alta renda e em Private.

De acordo com o comunicado, a Antecipa tem como objetivo central proporcionar uma maneira mais eficiente para que as empresas rentabilizem suas posições de caixa e, também, ofereçam uma alternativa mais econômica para o financiamento de fornecedores.

Após o negócio, os fundadores da Antecipa, Camilo Telles e Michel Borges, terão 100% de independência na gestão do negócio, contando com a estrutura e acesso à base de clientes da XP Inc. para acelerar o crescimento da plataforma.

Por meio de sua plataforma digital, a fintech integra fornecedores e compradores, proporcionando a possibilidade de financiamento entre as empresas, sem necessariamente ter um banco como intermediário. Dessa forma, o spread bancário, que, antes era destinado para esse intermediário, pode ser absorvido tanto pelo comprador, quanto pelo fornecedor, minimizando o custo da operação como um todo.

Para Bruno Constantino, CFO da XP Inc., apesar de a Antecipa atuar em um mercado que já conta com a participação de grandes players, há ainda uma série de ineficiências que podem ser eliminadas.

O fechamento da operação está sujeito ao cumprimento de determinadas condições precedentes, incluindo a autorização prévia do Banco Central do Brasil, nos termos da regulamentação aplicável.


Publicidade

  • Produtos/Serviços SpaceMoney

  • Produtos/Serviços Parceiros

  • Parceria r7.com

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online
  • Produtos/Serviços SpaceMoney

    Produtos/Serviços Parceiros