Notícias que impactam suas ações e investimentos!

ABERTURA: Ibovespa inicia a terça-feira em queda; dólar estável

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Investing.com – A jornada desta terça-feira (24) começa com leve desvalorização para o Ibovespa, que perdia 0,23% aos 104.337 pontos, às 10h32. Já o dólar operava em estabilidade, a 0,01% a R$ 4,171. O dia deve ser marcado pelas atenções para indicadores econômicos e também questões econômicas, como também ao discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia Geral da ONU.

– Cenário Interno

IPCA-15

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) variou 0,09% em setembro, ficando próximo à taxa de 0,08% registrada em agosto. O IPCA-E, que é o IPCA-15 acumulado trimestralmente, ficou em 0,26%, abaixo da taxa de 0,86% registrada em igual período de 2018.

No ano, o IPCA-15 acumula alta de 2,60% e, em 12 meses, de 3,22%, o mesmo resultado registrado nos 12 meses imediatamente anteriores. Em setembro de 2018 a taxa também foi de 0,09%. O grupo Alimentação e Bebidas (-0,34%), que já havia apresentado queda em agosto (-0,17%), contribuiu com o maior impacto negativo no índice do mês, -0,08 ponto percentual (p.p.).

Ata do Copom

O Banco Central destacou que a inflação acumulada em doze meses deve recuar nos próximos meses, mas voltar, ao fim do ano, para níveis próximos aos observados até agosto, reiterando mensagem de que há espaço para novo afrouxamento na taxa básica de juros.

“Essa trajetória de curto prazo (para a inflação) reflete, dentre outros fatores, comportamento benigno de alguns componentes mais voláteis da inflação e dinâmica da inflação importada, cujos vetores altistas têm sido moderados pela trajetória de preços externos”, assinalou o BC em sua ata do Comitê de Política Monetária (Copom), publicada nesta terça-feira.

Reforma da Previdência

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), marcou a votação do primeiro turno da reforma da Previdência para a quarta-feira, e não na terça-feira, como previsto anteriormente.

Segundo publicação do senador no Twitter, a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma passou para a quarta-feira devido à convocação de uma sessão conjunta do Congresso Nacional para a terça-feira.

“Por conta da realização da sessão do Congresso Nacional na próxima terça-feira, a votação em primeiro turno da reforma da Previdência (PEC 6/2019), no plenário do @SenadoFederal, iniciará na quarta-feira (25), às 16 horas”, informou Alcolumbre na rede social.

– Cenário Internacional

Brexit

A Suprema Corte do Reino Unido decidiu, nesta terça-feira, que o primeiro-ministro Boris Johnson agiu ilegalmente quando aconselhou a rainha Elizabeth a suspender o Parlamento semanas antes da data para a saída britânica da União Europeia, e que, portanto, a suspensão é nula.

A decisão abre caminho para os parlamentares retornarem ao trabalho na Casa, onde Johnson não tem maioria. Dessa forma, os legisladores, a maioria dos quais se opõe a sair da UE sem um acordo de separação —como Johnson ameaça fazer— terão mais oportunidades para impedir a estratégia do premiê.

Disputa Comercial

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse nesta segunda-feira que as negociações comerciais EUA-China serão retomadas na próxima semana em Washington, acrescentando que foi a administração Trump que pediu que a delegação de autoridades chinesas cancelasse visita a regiões agrícolas nos EUA.

Mnuchin, falando a repórteres ao lado do presidente Donald Trump na ONU em Nova York, disse que o cancelamento da visita “foi puramente a nosso pedido”.

Tanto Mnuchin como Trump disseram que a China se comprometeu a comprar muitos produtos agrícolas dos EUA.

China

Os mercados de ações da China subiram na terça-feira, quando os formuladores de políticas prometeram medidas adicionais para reforçar a desaceleração da economia, mas as incertezas persistentes nas negociações comerciais EUA-China limitaram os ganhos.

Os investidores chineses estão otimistas com as perspectivas de mais estímulos fiscais, depois que Ning Jizhe, vice-presidente da organização estatal, disse em entrevista coletiva em Pequim que a China intensificaria os esforços para estabilizar o crescimento econômico.

Mas o otimismo foi moderado pela reiteração do banco central de que a política monetária permanecerá prudente. Yi Gang, presidente do Banco Popular da China, disse na mesma conferência que as autoridades não têm pressa de tomar grandes medidas de flexibilização de políticas para lidar com a pressão descendente sobre a economia.

BOLSAS INTERNACIONAIS

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,09%, a 22.098 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,22%, a 26.281 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,28%, a 2.985 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,27%, a 3.901 pontos.

A sessão é marcada por rumos distintos para os principais mercados de ações da Europa. Em Frankfurt, o DAX avança 0,04% aos 12.347 pontos, enquanto que em Londres o FTSE cede 0,22% aos 7.308 pontos. Já em Paris, o CAC soma 0,25% aos 5.644 pontos.

COMMODITIES

A jornada desta terça-feira teve como característica uma importante queda nos preços dos contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa de mercadorias de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento para janeiro de 2020, fechou o dia a 622,50 iuanes por tonelada. Em relação ao valor de liquidação da véspera, 638,00 iuanes/t, a queda foi de 2,43%, ou de 15,50 iuanes

Em sentido oposto, a sessão foi marcada por ganhos em grande parte dos papéis futuros do vergalhão de aço, que são transacionados na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai. O contrato mais líquido, com entrega para o próximo mês de janeiro, somou 23 iuanes para 3.477 iuanes por tonelada. Já o segundo em volume, de maio de 2020, avançou 24 iuanes para 3.292 iuanes por tonelada.

No caso do petróleo, a terça-feira apresenta queda nos principais mercados. Em Nova York, o WTI recua 0,94%, ou US$ 0,55, a US$ 58,09. Já em Londres, o Brent cede 1,20%, ou US$ 0,78, a US$ 63,99.

MERCADO CORPORATIVO

– Lojas Americanas (SA:LAME4)

A plataforma digital de pagamentos dos grupos varejistas Lojas Americanas (SA:LAME4) e B2W (SA:BTOW3), Ame, anunciou nesta segunda-feira parceria com a Mastercard para oferta de cartão pré-pago aos usuários e vendedores.

“A parceria é uma das importantes iniciativas que estão no plano de negócios da Ame para ampliar a sua aceitação nos mundos físico e online e possibilitará que o cliente pague com Ame em toda a rede credenciada para aceitação da bandeira Mastercard”, afirmou a companhia.

O cartão pré-pago Ame com bandeira Mastercard será aceito em 7,8 milhões de estabelecimentos comerciais do país e poderá realizar saques em caixas eletrônicos, afirmou a companhia.

“O cartão funcionará como espelho da Conta Ame, que pode ser recarregada por depósito diretamente nos caixas das Lojas Americanas (SA:LAME4), transferência bancária, transferência entre usuários, cartão de crédito e também por pagamento de boleto”, afirmou a Ame.

– Transpetro

A Transpetro, unidade de logística da Petrobras (SA:PETR4), informou nesta segunda-feira que foi estancado o vazamento do duto Osduc, em Rio das Ostras (RJ), alvo de uma ação de furto de petróleo no domingo.

“As equipes da companhia estão concentradas no recolhimento do produto vazado, cujo volume ainda está sendo estimado em conjunto com as autoridades ambientais”, disse a estatal em nota.

Segundo a Transpetro, não há vítimas, feridos ou comprometimento do abastecimento do mercado devido ao incidente.

“A Transpetro ressalta que é vítima das ações criminosas de furto de óleo e derivados e que colabora com as investigações das autoridades”, afirmou a empresa, acrescentando que entre as consequências dos furtos estão possíveis incêndios, explosões, vazamentos, poluição e contaminação de áreas ambientalmente sensíveis.

– Banco do Brasil (SA:BBAS3)

O Banco do Brasil (SA:BBAS3) confirmou nesta segunda-feira assinatura de memorando de entendimento com o suíço UBS para formação de uma parceria das instituições na área de banco de investimento e corretora de valores no Brasil e outros países da América do Sul.

“A intenção é que UBS seja acionista majoritário da parceria que seria estabelecida pela contribuição de ativos do BB (SA:BBAS3) e do UBS, de acordo com os termos e condições definitivos…ainda em discussão”, afirmou o BB em comunicado ao mercado.

A Reuters publicou no início do mês que BB (SA:BBAS3) e UBS estavam em negociações avançadas para formar uma joint-venture em banco de investimento, na qual o banco suíço seria majoritário para evitar problemas operacionais comuns em empresas estatais.

Segundo o BB (SA:BBAS3), a parceria vai focar em serviços de banco de investimentos no Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai. A aliança teria acesso à base de relacionamento do BB no Brasil e às estruturas globais de execução e distribuição do UBS.

O banco estatal não deu mais informações sobre o acordo como detalhes financeiros ou prazos previstos para início da operação conjunta após a aprovação do acordo por autoridades regulatórias.

– Eneva (SA:ENEV3)

A gestora de recursos Dynamo passa a deter 5,05% do total das ações ordinárias de emissão da Eneva (SA:ENEV3), o equivalente a 15.922.247 ações ordinárias, informou a empresa do setor energético nesta segunda-feira.

Segundo comunicado da Eneva (SA:ENEV3), a gestora não pretende alterar a composição de controle, a estrutura administrativa da companhia ou atingir determinado percentual de participação.

O valor do negócio não foi especificado.

– Petrobras (SA:PETR4)

As operações da plataforma FPSO Cidade de Santos, a serviço da Petrobras (SA:PETR4), estão paralisadas desde a última quinta-feira após uma fiscalização de autoridades apontar inconformidades, informou nesta segunda-feira a Modec, operadora da unidade que produz nos campos de Uruguá e Tambaú.

A paralisação foi resultado da Operação Ouro Negro, que realiza ações de inspeção e fiscalização em plataformas marítimas e é normalmente composta por órgãos como a Marinha, a reguladora ANP, o Ministério Público do Trabalho (MPT), o órgão ambiental federal Ibama, dentre outros.

A FPSO Cidade de Santos, um tipo de navio flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás, fica na Bacia de Santos. A produção diária da plataforma é de aproximadamente 8,5 mil barris de petróleo por dia, segundo a Modec.

A empresa não detalhou a natureza e nem o volume das inconformidades encontradas. Em um dos casos, a empresa informou que a auditoria recomendou melhorias na gestão do benzeno, uma substância que, segundo ela, seria característica natural deste campo.

AGENDA DE AUTORIDADES

– Jair Bolsonaro

Em viagem à Nova York, o presidente da República inicia a terça-feira com encontro com o Excelentíssimo Senhor António Guterres, Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas, e, em seguida, da abertura do Debate Geral da 74ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU).

Na parte da tarde, tem encontro com o senhor Rudolph Giuliani, Ex-prefeito de Nova York, voltando ao Brasil no final da noite.

– Paulo Guedes

– Reunião semanal com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho;

– Reunião de governança;

– Almoço com o presidente do Banco Central, Roberto Campos;

– Reunião semanal com o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel;

– Reunião semanal com o secretário especial de Produtividade e Competitividade, Carlos Da Costa;

– Reunião com a secretária especial de Assuntos Internacionais e Comércio Exterior adjunta, Yana Dumaresq.

Com Reuters.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!