fbpx

Parceria r7.com

Para atrair clientes dos “bancões”, as fintechs têm investido em aplicações automáticas em conta corrente. Além de rentabilidade interessante, que muitas vezes supera a da poupança, essas contas garantem a liquidez necessária para reservas de emergência.

Nesta SpaceDica, conheça 4 delas:

1. NuConta

A NuConta é a conta digital do Nubank, que tem rentabilidade de 100% do CDI, sem a incidência de taxas. No entanto, há a incidência de Imposto de Renda e IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), seguindo a tributação do Tesouro Direto. Ou seja, quanto mais tempo o dinheiro fica na sua conta, menos você paga de imposto.

2. Conta Rendeira

A aplicação do PagBank também tem rentabilidade de 100%, com os mesmos descontos do IR e IOF. Um ponto da Conta Rendeira é que o dinheiro só rende esse alvo se ficar na conta por 30 dias. Isso não impede a movimentação do dinheiro: a diferença é que a rentabilidade vai incidir apenas sobre o valor disponível na conta no 30º dia.

Quer saber como investir melhor? Fale com um especialista da SpaceMoney

3. digio

Essa oferta tem tempo limitado: entre 15 de setembro e 14 de outubro, os valores depositados na conta digio vão render 130% do CDI, com liquidez diária. O rendimento é automático.

4. Banco Inter

Assim como a NuConta, a conta corrente do Inter também rende 100% do CDI — a diferença é que isso não ocorre de forma automática. É preciso habilitar a função dentro do aplicativo do banco. Também não há incidência de taxas e os saques são gratuitos.


Publicidade


  • Produtos/Serviços SpaceMoney

  • Parceria r7.com

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online
  • © 2020 – SpaceMoney Brasil Informações e Sistemas Ltda. Todos os Direitos Reservados.
    A SpaceMoney é um veículo informativo e não faz recomendações de investimentos, não podendo ser responsabilizada por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.