CCXP 2019: saiba como aproveitar a feira mais rica do mundo e economizar!

Entre os dias 5 e 8 de dezembro de 2019, a Comic Con Experience 2019 – CCXP vai tomar conta do São Paulo Expo, devendo atrair mais de 260 mil pessoas. A sexta edição do evento no Brasil vai trazer para os fãs estreias exclusivas de filmes, quadrinhos raros e estatuetas colecionáveis.

Além de recordista no número de espectadores – a Comic Con brasileira superou a San Diego Comic Con, evento pioneiro da feira, em público em 2016, atraindo 180 mil pessoas – a CCXP Brasil supera anualmente seus valores de arrecadação.

Publicidade

Em 2014, no primeiro ano do evento, a geração total de renda da feira foi de R$ 9,8 milhões. Na quinta edição da CCXP, quatro anos depois, a arrecadação disparou para R$ 50 milhões. Em 2019, o recorde deve ser quebrado.

Mas, se a feira arrecada esse valor, é provável que os geeks gastem muito, certo? Assim, você, geek convicto, deve estar se perguntando: quanto eles gastam? É possível ir à feira sem comprometer meu orçamento? Continue lendo a matéria porque a SpaceMoney vai tirar algumas de suas dúvidas!

Geeks gastam até R$ 25 mil na CCXP

No ano passado, o valor médio de gastos das pessoas que frequentaram a CCXP foi de R$ 300 diários. Essa quantia representa um aumento de aproximadamente 32% do que os geeks gastavam na primeira edição da CCXP. Em 2014, o gasto médio era de R$ 98.

Contudo, esse valor ainda é baixo se comparado a alguns itens que os fãs podem encontrar no evento. Em 2018, por exemplo, um quadro comemorativo de 50 anos da Marvel foi vendido por R$ 26 mil. Além disso, uma bola de basebol assinada pelo Stan Lee estava a venda em um dos estandes da CCXP pelo valor de R$ 25 mil.

No geral, é possível achar itens por preços mais baratos, como camisetas entre R$ 49,90 e R$ 99,99 e Funkos POP por R$ 89,90 ou R$ 500. Tudo depende do produto. Se for um item colecionável ou raro, geralmente será mais caro.

Se você pretende comprar os itens mais caros, aqui vão algumas dicas para curtir as próximas CCXPs sem peso na consciência.

Como me planejar e não comprometer meu orçamento

Para esse evento, a premissa do planejamento financeiro cai como uma luva. O primeiro passo para a CCXP é determinar quantos dias você vai querer comprar. Neste ano, os ingressos estão disponíveis no primeiro lote pelos seguintes valores:

  • Quinta-feira: R$ 180,00 (inteira), R$ 90,00 (meia)
  • Sexta-feira: R$ 240,00 (inteira), R$ 120,00 (meia)
  • Sábado: R$ 360,00 (inteira), R$ 180,00 (meia)
  • Domingo: R$ 360,00 (inteira), R$ 180,00 (meia)
  • Ingresso 4 dias: R$ 960,00 (inteira), R$ 480,00 (meia)
  • Epic: R$ 1.300,00
  • Unlock: R$ 1.800,00
  • Full: R$ 8.000,00

Como visto acima, há diversas categorias, sendo que as mais caras (Epic, Unlock e Full) proporcionam tratamentos exclusivos aos fãs, como não pegar filas e ter lugares garantidos em alguns auditórios da feira.

Assim, se você quer ir na CCXP 2020, tenha em mente que os ingressos começarão a ser vendidos entre março e abril do ano que vem. Dessa forma, você deve escolher o ingresso que mais se encaixa no seu orçamento e separar mensalmente uma quantia para isso.

Estabeleça metas! Se você quiser o ingresso mais caro, precisa guardar, até abril, pelo menos R$ 2.000 reais mensais. Se optar pelos mais baratos, pode juntar R$ 100 por mês. Analise os gastos desnecessários que você possui e comece a eliminá-los. Você precisa daquela blusinha? Seu fone de ouvido está realmente velho ou você só está com vontade de comprar outro? Analise!

Gastos diários na feira

Assim como você vai separar dinheiro para os ingressos, você deve separar para os seus gastos na feira. Dessa forma, primeiro determine o que você vai fazer lá: comprar quadrinhos e estatuetas? Apenas ver as atrações? Comprar colecionáveis? Tudo isso precisa ser previsto no seu orçamento!

Pesquise os preços dos itens desejados e separe quantias mensais até o evento. Com o método de poupar mensalmente você não vai sentir lá na frente quando comprar a estatueta de R$ 5.000 do Homem de Ferro, não é?

Quando chegar o grande dia da feira, não se distraia com itens que você não planejou comprar. Se você conseguiu poupar mais que o esperado, aproveite sem medo! Mas se a situação for a oposta, calcule bem antes de qualquer decisão!

Economize na alimentação

Por fim, a CCXP possui uma vasta praça de alimentação, é verdade. Contudo, tenha em mente que os itens costumam ser mais caros que o normal. Um simples cachorro-quente pode sair por R$ 20. Para economizar, confira a lista de alimentos permitidos na feira no site oficial do evento.

A organização permite a entrada de alimentos que estejam em suas embalagens originais lacradas. Além disso, sanduíches e frutas podem ser levados em papel alumínio e sacolas plásticas. Você também pode levar a sua própria água e economizar.

Por fim, economize com o transporte. Pelo fato da CCXP acontecer apenas em São Paulo, muitas pessoas de outras estados precisam de passagens para ir à feira. Se você mora em um estado próximo, saiba que, se comprar com antecedência, você pode conseguir uma passagem de ônibus por R$ 50.

Caso more em estados mais afastados, procure por passagens em meses fora de temporada para aproveitar os preços mais baixos. Se você está em São Paulo, que tal juntar um grupo de amigos e dividir o preço do estacionamento do São Paulo Expo? Se quiser economizar ainda mais, saiba que é possível acessar o centro de exposição por meio do transporte público!