Notícias que impactam suas ações e investimentos!

Fundos de Renda Fixa

Sua carteira de investimentos deve ser formada por, no mínimo, 80% em produtos de renda fixa. O percentual restante pode ser aplicado segundo a estratégia do gestor, desde que obedeça às regras estabelecidas para o fundo.

O gestor, com o objetivo de rentabilizar o dinheiro aplicado no fundo, poderá utilizar estratégias com ações, derivativos ou outros títulos do setor privado.

Os fundos de renda fixa são uma ótima opção para quem busca uma rentabilidade melhor, mas não abre mão de segurança, sendo muito indicado para investidores conservadores.

Tipos de Fundos de Renda Fixa:

Fundos Referenciados DI:

Características:

  • Pós-fixado;
  • Geralmente, 95% da carteira é destinada a aplicações de produtos de renda fixa, como títulos públicos e crédito privado, de acordo com o objetivo de investimento.

Vantagens:

  • Possui uma segurança maior do que outros fundos pois, geralmente, os 95% investidos em renda fixa estão indexados ao CDI ou a Selic;
  • Liquidez diária;
  • Em alguns casos, rende mais do que alguns CDBs.

Desvantagens:

  • Não é garantido pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

Tributação:

  • O Imposto de Renda é cobrado de acordo com a tabela regressiva a seguir:
Período de aplicação Tributação
Entre 0 e 6 meses Imposto de 22,5% sobre a rentabilidade
Entre 6 e 12 meses Imposto de 20% sobre a rentabilidade
Entre 12 e 24 meses Imposto de 17,5% sobre a rentabilidade
Superiores a 24 meses Imposto de 15% sobre a rentabilidade

 

  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras): caso a operação seja encerrada em até 30 dias, é aplicado o IOF.
Número de dias % limite tributada do rendimento Número de dias % limite tributada de rendimento
1 96% 16 46%
2 93% 17 43%
3 90% 18 40%
4 86% 19 36%
5 83% 20 33%
6 80% 21 30%
7 76% 22 26%
8 73% 23 23%
9 70% 24 20%
10 66% 25 16%
11 63% 26 13%
12 60% 27 10%
13 56% 28 6%
14 53% 29 3%
15 50% 30 0%

 

  • Come-cotas: É um sistema de antecipação do imposto que é calculado sobre a rentabilidade e cobrado a cada 6 meses, no último dia útil de maio e de novembro. Nesses dias, será resgatado automaticamente um valor referente ao cálculo do imposto que a corretora irá recolher.
  • A alíquota do IR será com base na tabela regressiva do IR. 

Fundos Indexados à Inflação:

Características:

  • Tem o objetivo de superar variações do Tesouro Direto atreladas à inflação;
  • Pode ser usada a estratégia de alavancagem, que consiste em pegar empréstimos para obter lucros maiores;
  • Os títulos comprados não podem estar atrelados ao CDI e à Selic.

Vantagens:

  • Baixa liquidez;
  • Com a taxa de juros baixa, o retorno pode chegar a 200% do CDI.

Desvantagens:

  • Com a taxa de juros alta, o retorno pode ser negativo.

Tributação:

  • Tabela regressiva do Imposto de Renda;
  • Come-cotas.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!