A Hypera Pharma, antiga Hypermarcas, divulgou os números do terceiro trimestre na última sexta-feira (25), após o fechamento dos mercados. Do lado positivo, o destaque ficou por conta da receita líquida que apresentou um aumento de 6,4% e do lucro líquido que apresentou um crescimento de 10,3%.

Acreditamos que a reação do mercado ao resultado deverá ser mais para o lado negativo num primeiro momento. O lucro líquido veio mais alto que o esperado devido à estratégia adotada pela companhia de pagar Juros sobre Capital Próprio (JCP) para os acionistas e, consequentemente, reduzir a base de tributação, que saiu de 23 milhões de reais no terceiro trimestre de 2018 para cerca de 6 milhões de reais neste trimestre.

Assim, esperamos um impacto negativo no preço das ações (HYPE3) no curto prazo. No entanto, continuamos vendo como positivos o resultado e as mudanças reportadas, e isso trará bons resultados no médio e longo prazo ao deixar a companhia mais eficiente e lucrativa.

A receita totalizou 1,01 bilhões de reais no trimestre, valor superior aos 948,8 milhões obtidos no mesmo período no ano passado. Foi a primeira vez que a empresa atingiu o patamar de um bilhão de faturamento após ter focado o negócio apenas em produtos farmacêuticos.

O Lucro Bruto ficou estável, porém houve redução de 3,2 pontos percentuais na Margem Bruta. A queda na margem pode ser explicada pela desvalorização do real frente ao dólar, que impacta uma parte dos insumos de produção e pelo fim da desoneração da folha de pagamento.

Já a geração de caixa medida pelo Ebitda, somou 297,7 milhões de reais, número 3,3 por cento acima do terceiro trimestre de 2018.

O lucro líquido cresceu 11 por cento em comparação ao mesmo período do ano anterior, beneficiado pela redução da taxa efetiva do Imposto de Renda por conta do aumento dos Juros Sobre Capital Próprio e pela melhora do resultado financeiro, que apresentou um aumento de 232,3 por cento em comparação ao mesmo período do ano passado, o resultado foi impactado pela atualização monetários de créditos tributários detidos pela companhia em função da exclusão do ICMS na base de cálculo do PIS/COFINS.

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online