Por Gabriel Codas

Investing.com –  O índice futuro do Ibovespa de contrato mais curto inicia a sessão desta quarta-feira com forte queda de 2,12% aos 78.240 pontos, com o dólar disparando 1,77% a R$  5,2534 às 09h24.

O dia deve ser mais uma vez marcado pelo temor dos investidores com o crescimento da economia global, que foi impactada pela pandemia do coronavírus, especialmente após a divulgação de projeções do FMI de pior contração econômica mundial desde a Grande Depressão dos anos 1930.

– Cenário Interno

IGP-10

O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) teve alta de 1,13% em abril, depois de subir 0,64% no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta quarta-feira.

Regras trabalhistas

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quarta-feira a medida provisória que cria o chamado “contrato verde e amarelo” que flexibiliza regras trabalhistas e busca incentivar o primeiro emprego, e a matéria será agora analisada pelo Senado.

De acordo com a Agência Câmara Notícias, o texto aprovado pelos deputados prevê a redução de encargos trabalhistas para o primeiro emprego e coloca acordos coletivas acima da jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

A MP precisa ser aprovada pelo Senado até a próxima segunda-feira, caso contrário perderá a validade.

Meta Fiscal

O governo deve mais do que dobrar a indicação do rombo primário para 2021 no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que enviará ao Congresso nesta quarta-feira, a cerca de 150 bilhões de reais, segundo duas fontes do Ministério da Economia.

Uma das fontes pontuou que o governo ainda estuda se estabelecerá uma meta flexível ou não em função das dificuldades de estabelecer quaisquer previsões macroeconômicas neste momento por conta dos impactos com o coronavírus.

A indicação anterior era de um déficit de 68,5 bilhões de reais para o governo central no próximo ano. No PLDO que encaminhará aos parlamentares, o governo irá de fato fixar a meta para o exercício, também indicando as perspectivas de resultado primário para os dois anos à frente.

Ajuda a Estados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), questionou nesta terça-feira os números do Ministério da Economia para proposta de transferência direta de 40 bilhões de reais a Estados e municípios e disse que ela oferece, de valores novos, 22 bilhões de reais.

Para Maia, os 22 bi são insuficientes e deixarão alguns Estados em situação “dramática”.

O deputado disse ainda que os cálculos da equipe econômica incluem valores já oferecidos e não deveriam ter sido contabilizados na proposta apresentada em contraposição a projeto aprovado na véspera pela Câmara dos Deputados que previa aos entes cerca de 85,5 bilhões de reais por seis meses, segundo cálculos da própria equipe econômica.

“O que o governo está propondo para Estados e municípios, pela planilha deles —não vi ainda a medida, não foi editada— são 22 bi”, disse Maia a jornalistas.

– Cenário Externo

China

O banco central da China ampliou nesta quarta-feira o apoio de política monetária para a economia ao cortar uma importante taxa para mínima recorde e reduzir a quantia que os bancos devem manter como reserva am torno de 28 bilhões de dólares em meio à crise de coronavírus.

Combinadas, as medidas injetam um total de 43 bilhões de dólares no sistema financeiro antes de relatório na sexta-feira que deve mostrar queda do Produto Interno Bruto de 6,5% no primeiro trimestre, a primeira contração trimestral da segunda maior economia do mundo em mais de 30 anos.

O Banco do Povo da China informou que está reduzindo o instrumento de empréstimo de médio prazo de um ano (MLF) para instituições financeiras a 2,95%, nível mais baixo desde que a ferramenta de liquidez foi adotada em setembro de 2014, contra 3,15% antes.

O corte deve abrir caminho para uma redução similar na taxa de empréstimo primária referencial (LPR), que será anunciada no dia 20, para reduzir os custos de financiamento a empresas afetadas pela pandemia.

Japão

O estímulo econômico emergencial do Japão contra o coronavírus deve impulsionar o Produto Interno Bruto real do país em 3,8%, disse nesta quarta-feira o primeiro ministro, Shinzo Abe, ao final de uma reunião dos principais assessores econômicos do governo.

O governo aprovou na semana passada um pacote de estímulo de emergência no valor de 108,2 trilhões de ienes (1,01 trilhão de dólares), com gastos fiscais de 39,5 trilhões de ienes, para combater as consequências do coronavírus.

BOLSAS INTERNACIONAIS

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,45%, a 19.550 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,19%, a 24.145 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,57%, a 2.811 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,74%, a 3.797 pontos.

A sessão também se mostra negativa para os mercados europeus. O DAX, de Frankfurt, tem perdas de 2,18% aos 10.460 pontos, enquanto que em Londres, o FTSE cede 2,48% aos 5.651 pontos. Já em Paris, o CAC ter recuo de 2,06% aos 4.430 pontos.

COMMODITIES

A jornada desta quarta-feira encerrou com uma leve valorização nos preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são transacionados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com o maior volume de operações, com data de vencimento para setembro deste ano, somou 0,25% a 606,50 iuanes por tonelada, o que representa ganhos de 1,50 iuan em relação aos 605,00 iuanes de liquidação da véspera.

Em sentido distinto, a sessão teve como característica o recuo das cotações dos papéis futuros do vergalhão de aço, que são transacionados na também chinesa bolsa de mercadorias da cidade de Xangai. O contrato de maior liquidez, com entrega para outubro de 2020, perdeu 20 iuanes para um total de 3.373 iuanes por tonelada. Já o de maio, segundo em volume, caiu 21 iuanes para 3.525 iuanes para cada tonelada do produto.

O dia é de queda importante para o petróleo nos mercados internacionais. O barril do tipo Brent, referência em Londres, cai 4,22%, ou US$ 1,24, a US$ 28,36 enquanto que o WTI, de Nova York, avança 2,83%, ou US$ 0,56, a US$ 19,55.

MERCADO CORPORATIVO

– Mercado Pago

O Mercado Pago, braço de serviços financeiros do Mercado Livre, criou uma linha de crédito de 600 milhões de reais para pequenos negócios no Brasil, enquanto o maior portal de comércio eletrônico da América Latina tenta aliviar os efeitos brutais do coronavírus sobre microempreendedores.

“Vamos retomar a originação com mais intensidade com o objetivo de apoiar nossos vendedores, na sua maioria micro e pequenos negócios”, afirmou Pedro de Paula, chefe de Crédito do Mercado Livre no Brasil. “Queremos ajudá-los a atravessar este difícil momento e contribuir para preservar empregos.”

O anúncio acontece no momento em que economistas já preveem que o país pode enfrentar neste ano sua maior recessão em um século, como resultado das medidas de isolamento social adotadas para tentar frear a pandemia.

– Gol (SA:GOLL4)

A Gol fechou nesta terça-feira acordo com Boeing sobre compensação, pedidos e pagamento de aeronaves 737 MAX, o que pode dar algum alívio à companhia aérea brasileira diante da gigantesca crise no setor criada com a pandemia do coronavírus.

Em comunicado, a Gol afirmou que o acordo tem flexibilidade para implementar requisitos dinâmicos de frota para equilibrar oferta e demanda, que despencou desde março diante das medidas de restrições de voos e à circulação de pessoas.

“Enquanto os detalhes do acordo são confidenciais, ele é composto por compensação em dinheiro e o cancelamento de 34 pedidos, reduzindo os pedidos firmes remanescentes da companhia para aeronaves 737 MAX de 129 para 95 e elevando a flexibilidade para atender as necessidades futuras de frota da Gol,” adiciona o documento.

Desde a segunda quinzena de março, a Gol retirou 120 aviões de operação e reduziu oferta para 50 voos diários entre o aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos, e as 26 capitais brasileiras e Brasília.

– Minerva (SA:BEEF3)

A Minerva Foods, um das maiores produtoras de carne bovina do Brasil, já se prepara para alternar as operações de abate entre os Estados, no caso de uma eventual infecção por coronavírus em funcionários que leve ao fechamento de alguma unidade da empresa.

“Todos estamos nos preparando para o caso de isso acontecer, substituir (os abates de) uma fábrica por outra, dentro do possível”, disse o diretor de Relações Institucionais da Minerva, João Sampaio, em webinar nesta terça-feira.

Além disso, o executivo disse que a empresa reduziu o total de animais abatidos, uma vez que medidas preventivas também levaram a um menor número de trabalhadores nas unidades.

“Nas fábricas, diminuímos o número de pessoas e animais que podem ser abatidos, tivemos várias plantas fiscalizadas pelo Ministério Publico”, disse.

Na webinar, ele não especificou em quanto a empresa reduziu o total abatido. Após ser procurado pela Reuters, disse que a medida foi adotada em algumas unidades.

– B2W

O grupo de comércio eletrônico B2W está ampliando o acesso à sua plataforma de marktplace para pequenos comerciantes com lojas físicas que até agora não usavam a internet em suas vendas, mas que se viram forçados a migrar para o varejo online diante das quarentenas impostas contra o Covid-19.

A ampliação da base de vendedores na plataforma está sendo realizada em grande parte por meio da base de clientes da carteira digital do grupo controlado pela Lojas Americamas, Ame, disse em comunicado o vice-presidente financeiro da B2W Digital (SA:BTOW3), Fábio Abrate, em resposta a questionamentos da Reuters.

“A companhia está cadastrando de forma acelerada em sua plataforma de marketplace lojistas que atuavam exclusivamente no comércio físico”, disse o executivo, citando como exemplo pet shops, lojas de armarinhos, papelarias, farmácias, entre outros comércios de bairros.

As ações da B2W encerraram o dia em alta de 2,06%, cotadas a 59,50 reais, enquanto o Ibovespa teve uma segunda sessão positiva, avançando 1,4%.

– Telefonia

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, determinou nesta terça-feira que operadoras de telefonia são obrigadas a pagar 742,9 milhões de reais a título de um crédito tributário para a Agência Nacional de Cinema (Ancine), segundo decisão obtida pela Reuters, atendendo pedido feito pela Advocacia-Geral da União (AGU).

Toffoli suspendeu os efeitos de uma decisão anterior, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), que havia suspendido o pagamento do crédito da Condecine — contribuição que incide sobre a exploração comercial de obra audiovisuais em cada segmento.

O TRF-1 tinha acatado recurso impetrado pelo Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil). A entidade havia alegado que não tinha como arcar com pagamento do crédito que venceria no dia 31 de março, referente ao ano de 2019, por terem sido surpreendidos e gravemente atingidos pelas consequências da pandemia do coronavírus.

A AGU, que representou a Ancine no STF, contestou o fato de que a liminar dada pelo tribunal regional afrontava uma decisão anterior do próprio Supremo. Disse que a pandemia não pode ser usada como argumento para se recorrer novamente à Justiça e destacou ainda que parte dos recursos do Condecine será destinado para a área da saúde, bem como para o combate dos efeitos econômicos do Covid-19.

– Carne bovina

As exportações brasileiras de carne bovina para a China dobraram em março ante igual período de 2019, enquanto outros mercados relevantes para o Brasil reduziram as compras da proteína, já afetados pelo recuo na demanda em meio a medidas de isolamento contra o coronavírus, segundo dados da indústria e especialistas do setor.

“Desde agosto de 2019, mais de 30% das vendas de carne bovina do Brasil vão para a China. Agora, estamos ainda mais dependentes dos chineses porque na União Europeia, por exemplo, os lockdowns diminuíram a necessidade de carne importada que iria para o food service”, disse o consultor em Gerenciamento de Risco especializado em pecuária da INTL FCStone, Caio Toledo.

Os embarques de carne bovina do Brasil, incluindo o produto in natura e processado, totalizaram 147,08 mil toneladas em março, alta de 2,72% em relação a março de 2019, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec).

Somente a China respondeu por cerca de 35% das compras, com 51,86 mil toneladas importadas em março, um salto de 108% ante as 24,9 mil toneladas adquiridas um ano antes, apoiado pelo aumento no número de plantas habilitadas, segundo a Abiec.

– Infraestrutura

O governo federal indicou nesta terça-feira que manterá o ritmo da agenda de concessões, uma das principais apostas para atração de investimento privado, mesmo diante dos profundos efeitos econômicos provocados pela pandemia do coronavírus.

O Ministério da Infraestrutura enviou ao Tribunal de Contas da União (TCU) o projeto de concessão de trecho rodoviário ligando Anápolis (GO) a Aliança (TO), o primeiro de um modelo em que o leilão mescla a combinação entre o menor valor de tarifa e maior valor de outorga fixa.

Formado por trechos das rodovias federais BR-153, BR-080 e BR-414, o corredor de 850,7 quilômetros é considerado o principal para integração do Meio-Norte com o Centro-Sul do país. Com ele, o governo quer criar um novo canal de escoamento de grãos de Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

Para uma concessão de 30 anos, o governo prevê a duplicação de 623,4 quilômetros, 22 quilômetros de faixas adicionais e 21 passarelas. A previsão é de valor máximo de tarifa de 12,76 reais para pistas simples e de 16,60 reais para pistas duplas.

AGENDA DE AUTORIDADES

– Jair Bolsonaro

O presidente da República inicia a quarta-feira se reunindo com o ministro Braga Netto (Casa Civil) e, em seguida, com o presidente da Infraero, Hélio Paes de Barros Júnior. Na parte da tarde, recebe o ministro Abraham Weintraub (Educação).

– Paulo Guedes

– Reunião de ministros de finanças e presidentes de bancos centrais do G20 (videoconferência);

– Videoconferência com secretários do Ministério da Economia;

– Videoconferência com o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman;

– Videoconferência com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA).

*Com contribuição de Reuters

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online