Produtos/Serviços Parceiros

Parceria r7.com

Por Gabriel Codas

Investing.com – A sessão desta quinta-feira começa com desvalorização de 0,94% aos 87.368 pontos do índice Ibovespa Futuros às 09h12, seguindo perda do fôlego do rali dessa semana em Wall Street. Menor apetite ao risco é devido à tensão EUA e China envolvendo Hong Kong e as ameaças do presidente americano Donald Trump de assinar um decreto que modere a forma como as grandes redes sociais gerem seus conteúdos. O dólar opera em alta de 0,74% a R$ 5,3134.

Além disso, na agenda do dia, contribuem para a cautela a prévia do PIB do primeiro trimestre e os dados de pedidos de bens duráveis e de seguro-desemprego nos EUA.

Por aqui, as atenções ficam para a taxa de desemprego trimestral contínua para abril, sentindo o impacto em cheio da recessão causada pela Covid-19, assim como o estoque de crédito para abril do Banco Central.

– Cenário Interno

Desemprego

A taxa de desocupação passou de 11,2% para 12,6% no trimestre terminado em abril, atingindo 12,8 milhões de desempregados. Com isso, são 898 mil pessoas a mais à procura de trabalho, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada hoje (28) pelo IBGE.

Um indicador que reflete os efeitos da pandemia de Covid 19 no mercado de trabalho, a população ocupada teve queda recorde de 5,2%, em relação ao trimestre encerrado em janeiro, representando uma perda de 4,9 milhões de postos de trabalho, que foram reduzidos a 89,2 milhões.

A analista da pesquisa Adriana Beringuy explica que os efeitos foram sentidos tanto entre os informais quanto entre trabalhadores com carteira assinada. “Dos 4,9 milhões de pessoas a menos na ocupação, 3,7 milhões foram de trabalhadores informais. O emprego com carteira assinada no setor privado teve uma queda recorde também. A gente chega em abril com o menor contingente de pessoas com carteira assinada, que é de 32,2 milhões”, explica.

IGP-M

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) encerrou maio com alta de 0,28%, desacelerando ante taxa de 0,80% registrada em abril, com deflação ao consumidor em meio às restrições impostas para contenção do coronavírus.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou nesta quinta-feira que o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que responde por 60% do índice geral e apura a variação dos preços no atacado, desacelerou a alta a 0,59% no mês, de 1,12% em abril.

Os preços dos Bens Intermediários passaram a cair no mês 1,34%, contra estabilidade em abril, com o subgrupo materiais e componentes para a manufatura enfraquecendo o avanço de 3,10% para 0,23%.

O consumidor, por sua vez, viu os preços ficarem mais baratos uma vez que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), com peso de 30% sobre o índice geral, teve recuo de 0,60% em maio, contra avanço de 0,13% no mês anterior.

Setor de Serviços

A confiança do setor de serviços no Brasil teve recuperação em maio após uma redução nas expectativas pessimistas, mas os ganhos não foram suficientes para compensar as perdas históricas sofridas nos últimos dois meses.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) disse nesta quinta-feira que o seu Índice de Confiança de Serviços (ICS) teve alta de 9,4 pontos em maio, para 60,5 pontos. Em abril, o índice havia caído para a mínima da série histórica, iniciada em junho de 2008.

Mas de acordo com a FGV o resultado de maio representa uma recuperação de apenas 21,7% ante as perdas sofridas nos últimos dois meses em meio às consequências econômicas da pandemia de coronavírus.

“A melhora foi muito influenciada pela revisão das expectativas, sinalizando uma redução do pessimismo”, disse em nota Rodolpho Tobler, economista da FGV IBRE. “Para os próximos meses, ainda não é possível enxergar recuperação robusta principalmente pela alta incerteza e pelo cenário negativo no mercado de trabalho.”

Coronavírus

O Brasil registrou nesta quarta-feira mais 20.599 casos confirmados de Covid-19 e 1.086 mortes em decorrência da doença respiratória provocada pelo novo coronavírus, totalizando 411.821 infecções e 25.598 óbitos, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Essa foi apenas a segunda vez que o ministério registrou mais de 20 mil casos de Covid-19 em um período de 24 horas, depois do recorde de 20.803 casos notificados em 22 de maio. Em termos de óbitos, o recorde diário foi registrado em 21 de maio, com 1.188 óbitos notificados.

O Brasil é o segundo país com maior número de casos de coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, que possuem 1.701.644 infecções confirmadas. Nesta quarta-feira, os EUA superaram a marca de 100 mil mortes em decorrência da doença, de acordo com uma contagem da Reuters.

A divulgação diária dos números da Covid-19 no Brasil pelo Ministério da Saúde não indica que as infecções e óbitos tenham necessariamente ocorrido nas últimas 24 horas, mas sim que os registros foram inseridos no sistema no período.

– Cenário Externo

Tensão EUA-China

O Congresso Nacional do Povo da China aprovou a nova lei do país que estabelece órgãos estatais de segurança na cidade autônoma de Hong Kong, desafiando a oposição dos EUA. As autoridades insistiram que o assunto é interno, apesar de a China estar vinculada a um tratado internacional que assinou com o Reino Unido na década de 1980, garantindo os direitos da cidade.

O governo dos EUA disse na quarta-feira que a lei efetivamente põe fim à autonomia de Hong Kong, um julgamento que abre caminho para novas medidas dos EUA contra autoridades e empresas chinesas.

As tensões entre a China e o Ocidente também estavam em evidência quando um tribunal canadense aprovou a extradição da diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, para os EUA.

China – crescimento econômico

A China vai se esforçar para registrar crescimento econômico positivo este ano para se recuperar do impacto da pandemia de coronavírus, apesar de não determinar uma meta, afirmou nesta quinta-feira o primeiro-ministro, Li Keqiang, prometendo mais suporte se a economia enfrntar mais problemas.

“Temos espaço de política econômica. Seja fiscal, financeiro ou de seguridade social”, disse Li durante entrevista à imprensa após o encerramento da reunião anual do Parlamento.

A China não precisa de um forte estímulo mas o crescimento continua sendo importante, e a liquidez será elevada porque “situações excepcionais pedem medidas excepcionais”, disse ele em resposta a uma pergunta da Reuters.

Investidores esperavam que Pequim adotasse uma ampla medida de estímulo para tirar a segunda maior economia do mundo de uma contração sem precedentes, e alguns ficaram decepcionados com a decisão incomum de não determinar uma meta de crescimento.

Zona do euro

O sentimento econômico da zona do euro se recuperou menos do que o esperado em maio, quando os governos começaram a aliviar as restrições devido ao coronavírus, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, enquanto o humor nos setores de serviços e construção continuou a se deteriorar.

A pesquisa mensal da Comissão Europeia mostrou que o sentimento econômico nos 19 países que usam o euro melhorou a 67,5 pontos este ano da mínima recorde de 64,9 em abril, graças principalmente ao maior otimismo na indústria e entre os consumidores.

Economistas consultados pela Reuters esperavam um aumento para 70,3 em maio. O número de abril foi revisado para a mínima recorde após atualizações da confiança empresarial na França.

Trump e redes sociais

Espera-se que o presidente dos EUA Donald Trump assine uma ordem executiva destinada a empresas de mídia social na quinta-feira, aumentando seu esforço para enfrentar o viés anti-conservador percebido nas principais plataformas antes do período pré-eleitoral.

O político escreveu que a ordem será de “nível amplo e alto” e provavelmente terá como alvo um estatuto que defenda as plataformas contra a responsabilidade legal por seu conteúdo por mais de 20 anos.

A ação ocorre menos de três dias depois que o Twitter marcou pela primeira vez os tuítes de Trump com um aviso de que as informações nelas não eram confiáveis.

BOLSAS INTERNACIONAIS

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 2,32%, a 21.916 pontos.  Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,72%, a 23.132 pontos.  Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,33%, a 2.846 pontos.  O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,29%, a 3.856 pontos.

Nesta quinta-feira, as bolsas de valores da Europa operam mais uma vez com ganhos. Em Frankfurt, o DAX avança 0,50% aos 11.717 pontos, enquanto que em Londres o FTSE soma 0,97% aos 6.203 iuanes por tonelada. Já em Paris, o CAC tem valorização de 1,11% aos 4.740 pontos.

Em Nova York, os futuros de índice operam mistos. Dow Jones 30 Futuros subiam 178 pontos, ou 0,67%, enquanto o contrato futuro do S&P 500 operava com leve alta de 0,17% e o contrato Nasdaq 100 estava em queda de 0,78%.

COMMODITIES

A jornada desta quinta-feira teve como principal característica a recuperação nos preços dos contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa de mercadorias da cidade de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de operações, com data de vencimento para o mês de setembro deste ano, avançou 2,01% aos 710,50 iuanes por tonelada, o que representa ganhos de 14,00 iuanes em relação aos 696,50 iuanes de liquidação da véspera.

No mesmo sentido, mas com menor intensidade, a sessão foi marcada por valorização das cotações dos papéis futuros do vergalhão de aço, que são transacionados na bolsa de mercadorias da também chinesa cidade de Xangai. O contrato com mais liquidez, e entrega para outubro de 2020, somou 13 iuanes para 3.498 iuanes por tonelada, enquanto que o de janeiro de 2021, teve alta de 13 iuanes para 3.335 iuanes por tonelada.

O barril do petróleo tem ganhos nesta quinta-feira, com o Brent, de Londres, somou 3,01%, ou US$ 1,04, a US$ 35,67. Já o WTI, de Nova York, registra alta de 0,12%, ou US$ 0,04, a US$ 32,85.

MERCADO CORPORATIVO

– Rumo (SA:RAIL3)

A Rumo passou do lucro para o prejuízo no primeiro trimestre, refletindo menores volumes transportados, ajustes em instrumentos financeiros e pagamento de outorga de concessão.

Braço logístico da Cosan (SA:CSAN3), a companhia não foi atingida por medidas de isolamento para conter a Covid-19, que afetaram a grande maioria dos setores da economia. Ainda assim, o conjunto de fatores operacionais, financeiros e tecnológicos a levaram a uma perda líquida ajustada de 136 milhões de reais no trimestre, ante lucro de 27 milhões um ano antes.

O volume transportado no período caiu 7,6% ano a ano, a 12,3 bilhões de toneladas equivalentes (TKU), com a entrada tardia da safra de soja, o menor estoque de passagem de milho em janeiro e chuvas acima da média na serra e no Porto de Santos.

Assim, a receita líquida de 1,424 bilhão de reais, foi 13% menor do que um ano antes. Com menor demanda por fretes, a empresa teve que reduzir a tarifa em 7%.

O resultado operacional medido pelo Ebitda ajustado foi de 653 milhões de reais, queda de 18,6% ano a ano.

O desempenho operacional ainda foi afetado por um ataque hacker em meados de marco, que atingiu todo o grupo Cosan.

– Banco do Brasil (SA:BBAS3)

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu nesta quarta-feira proibir o Banco do Brasil de fazer anúncios em sites na internet que veiculem fake news.

A decisão do ministro do TCU Bruno Dantas atendeu pedido do Ministério Público, que alegou interferência indevida na área de comunicação social do banco por parte de Carlos Bolsonaro, filho presidente Jair Bolsonaro.

Entre as razões para o pedido, o MP citou a sugestão do chefe da Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto, Fábio Wajngarten, para que o banco revisse suspensão de anúncios no Jornal da Cidade Online, site condenado pela difusão de fake news, após crítica de Carlos Bolsonaro.

“A gravíssima acusação… de que recursos do Banco do Brasil estão sendo drenados para financiar sites, blogs e redes sociais que se dedicam a produzir conteúdo sabidamente falso e disseminar fake news e discurso de ódio determina insofismavelmente a competência desta Corte de Contas Federal para examinar a matéria”, diz trecho da decisão do TCU.

O TCU decidiu ainda encaminhar cópia do processo ao Supremo Tribunal Federal (STF) para investigação de notícias fraudulentas, calúnias e ameaças contra membros da suprema corte e seus familiares.

Em nota, o BB confirmou que adquiriu espaço de mídia no site citado, suspendeu após alerta, mas voltou atrás na decisão porque a ferramenta de mídia contratada para definir os sites para anúncios garantiu não permitir a veiculação de anúncios em sites que façam declarações falsas.

– Petrobras (SA:PETR4)

A Petrobras informou nesta quarta-feira que iniciou procedimentos para dar acesso aos demais produtores de gás natural no Brasil às suas unidades de processamento do insumo.

De acordo com o modelo em implantação, as instalações da companhia passarão a atuar como processadora de gás natural fornecido por outros agentes.

“Com a medida, a Petrobras reafirma seu comprometimento em contribuir para o desenvolvimento de um mercado de gás aberto, competitivo e sustentável no país”, disse a companhia.

O movimento está em linha com um plano do governo federal, chamado Novo Mercado de Gás, para atrair mais investidores para o setor de gás natural, criando competição e redução de preços, em meio a uma menor participação da Petrobras.

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) publicou no ano passado orientações para a Petrobras vender ativos nos setores de transporte e distribuição do insumo.

A petroleira disse que está informando aos potenciais interessados sobre o modelo de negócio a ser adotado e os procedimentos de oferta e contratação.

– Itaipu

A usina hidrelétrica de Itaipu aumentou a produção de energia, reduzindo a necessidade de vertimento de água do reservatório nos últimos dias, em meio a chuvas na região que também ajudaram a atender à demanda de países vizinhos de aumento do nível do rio Paraná para a navegação.

Segundo comunicado divulgado pela hidrelétrica nesta quarta-feira, a redução do volume de água escoado via vertedouro foi motivada por precipitações registradas na última semana, pelo aumento da vazão do rio Iguaçu e por um acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS) para maior produção de energia.

Iniciada em 18 de maio, a abertura intermitente do vertedouro para uma vazão média de 8.500 metros cúbicos por segundo para o rio Paraná visava ajudar no aumento do nível do rio, importante hidrovia para escoamento de grãos da Argentina e do Paraguai, que foi afetado pela seca.

De acordo com Itaipu, a meta foi cumprida, embora o vertimento tenha ficado 13% abaixo do planejado para atender os vizinhos.

“A partir das chuvas do dia 22, houve um descolamento considerável entre as curvas (do planejado e do observado)”, disse em nota o gerente do Departamento de Operação do Sistema de Itaipu, Rodrigo Pimenta.

AGENDA DE AUTORIDADES

– Jair Bolsonaro

O site do Palácio do Planalto divulga como único compromisso oficial do presidente da República, nesta quinta-feira, uma entrevista com a jornalista Leda Nagle, por meio de videoconferência.

– Paulo Guedes

Por volta das 8h20 desta quinta-feira, o site do ministério da Economia estava fora do ar e não disponibilizava a agenda oficial do ministro.


Publicidade

  • Produtos/Serviços SpaceMoney

  • Produtos/Serviços Parceiros

  • Parceria r7.com

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online
  • Produtos/Serviços Parceiros

    Produtos/Serviços Parceiros