Conheça 5 investimentos de alto risco e grande potencial de retorno

investimento de alto risco
SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Investimentos de alto risco, normalmente, atraem a atenção das pessoas em virtude de seu grande potencial de rentabilidade, ou seja, da chance de ganhar muito. O problema é que muitas pessoas focam nisso e se esquecem que podem, também, perder muito dinheiro.

Nesta Spacedica, você entenderá o que são investimentos de alto risco, quais são as principais vantagens e desvantagens do modelo e como é possível avaliar os riscos associados a eles. Boa leitura!

O que são investimentos de risco?

Para começar, é necessário saber que não há aplicações financeiras sem riscos. Mesmo a conhecida caderneta de poupança também tem a segurança limitada. O Fundo Garantidor de Crédito (FGC) assegura o dinheiro dos consumidores até 250 mil reais, caso a instituição venha a falir.

Ou seja, o risco de uma aplicação não deve ser visto como um problema, desde que a pessoa tenha total ciência disso e esteja preparada para fazer o melhor gerenciamento possível.

No mundo dos investimentos, há produtos com diversos graus de incerteza de retorno. Ele se altera, também, de acordo com perfil e experiência do investidor. Quem não tem muita experiência, por exemplo, terá maior risco em qualquer tipo de investimento em renda variável e até mesmo em alguns de renda fixa.

Outras questões também precisam ser avaliadas, como:

  • a empresa que é responsável pela custódia, uma vez que ela pode falir;
  • variações de mercado, como taxa de juros, aumento de tributos e inflação.

Normalmente, considera-se como investimento de alto risco:

  • aplicações em renda variável, uma vez que a variação pode ser tanto positiva quanto negativa;
  • falta de movimentação diária, ou seja, falta de liquidez;
  • papéis de empresas pouco conhecidas ou que estejam com dificuldades financeiras;
  • ações em mercados muito voláteis.

É importante lembrar que existem outros tipos de situações que podem deixar o investidor vulnerável, como comprar ativos com agentes sem autorização, receber o famoso calote, o ativo não apresentar o rendimento esperado, por motivos macroeconômicos, além de falhas presentes nos sistemas de negociação.

Quais são as desvantagens das ações de alto risco?

Em contraponto às blue chips, ações de grandes empresas que têm reputação no mercado e oferecem grande liquidez, os papéis conhecidos como “micos”, por sua vez, representam ações que normalmente ficam paradas, uma vez que vêm de empresas em recuperação judicial, falidas ou sem a transparência necessária. Por tudo isso, a liquidez dos “micos” é prejudicada.

Ou seja, caso um mico seja adquirido pelo investidor, será difícil vender. Além disso, o que vale para qualquer tipo de ação, em caso de perdas, o capital será perdido. Para iniciantes, a aposta deve ser em longo prazo, o que desvia o foco daqueles que desejam ou precisam do dinheiro em curto prazo.

E as vantagens?

Você já deve ter visto várias pessoas que investem em ação. Isso significa que há medidas para diminuir o risco ou vantagens que sejam maiores que as desvantagens. Se o risco de perder tudo é alto, também é possível ganhar muito dinheiro com essas ações.

Um exemplo de “mico” que trouxe rendimentos para vários investidores foram os papéis da Mundial, que fabrica alicates e tesouras, cuja cotação cresceu quase 3.000% em poucos meses. Com isso, muitas pessoas venderam diversos bens para comprar os ativos.

As pessoas que compraram, em março de 2011, R$ 100 mil em ações da Mundial e conseguiram vendê-las em julho do mesmo ano, alcançaram quase R$ 3 milhões.

Talvez você se pergunte se essa estratégia não é a melhor a ser seguida. O problema é que empresas com pouca transparência e fundamentos sólidos para crescimento não conseguirão ter bons resultados por muito tempo. Ou seja, a bolha pode estourar e fazer com que essa pessoa perca o dinheiro. Além disso, em caso de fraudes e manipulação, a CVM pode agir.

Como analisar os investimentos e reduzir riscos?

Para começar, é necessário analisar o perfil de investidor de cada um. No caso dos mais conservadores, utilizar-se dos “micos” é praticamente proibido. Entretanto, há possibilidades que não representam irresponsabilidade, podendo trazer bom retorno ao investidor.

Para conseguir bons resultados, é necessário reunir algumas características fundamentais, como:

  • ter experiência sobre o funcionamento do mercado financeiro;
  • ter tolerância à volatilidade apresentada pelas cotações;
  • ser estável profissional e financeiramente;
  • contar com bom volume acumulado de patrimônio;
  • conseguir investir de maneira diversificada;
  • focar em operações com maior arrojo para multiplicar o patrimônio.

Quais são os melhores investimentos de alto risco?

Confira, abaixo, alguns exemplos de investimentos de alto risco que podem trazer altos retornos caso sejam usadas as estratégias certas:

1. Mercado futuro

Como o nome sugere, a aposta é no futuro, em contratos com mercadorias (como ações, juros, dólar e commodities). Os papéis são comprados com a expectativa que sejam revendidos por maior preço no futuro. Mas, como você pode imaginar, não há qualquer garantia de que isso acontecerá.

2. Mercado de Opções

São o direito de vender ou comprar alguma coisa por algum preço. Com o mercado de opções, é possível que o investidor negocie o direito por algum período. A negociação acontece em bolsa e são compradas, normalmente, pelos investidores mais experientes ou especialistas no mercado de atuação.

3. Fundos alavancados

Nesse caso, é feito um investimento maior do que se tem no momento para conseguir multiplicar os ganhos. Caso a aplicação não dê o retorno que se espera, o prejuízo será proporcional. Por isso, todos os fundos precisam ser claros em relação às suas políticas

4. FIDCs

São Fundos de Investimento em Direitos Creditórios. Nesse caso, o dinheiro é investido em empresas que estão em dificuldades e precisam de financiamento. Os ganhos correspondem aos juros utilizados. Entretanto, como acontece em todo empréstimo, há risco de calote.

5. Ações na Bolsa

As ações podem ser consideradas como um pequeno pedaço da empresa e rendem o devido pagamento de dividendos. Essa modalidade já conta com mais de 1 milhão de pessoas. Entretanto, como há grande imprevisibilidade no mercado, nem sempre é possível acertar e não há como garantir rentabilidade.

Agora que você sabe o que é investimento de alto risco e quais são as melhores formas para minimizar os riscos, é hora de estudar ainda mais. É interessante começar investindo em situações que tenham menor risco, como títulos públicos, até que tenha maior experiência para lidar com mercados mais arriscados.

Você ainda investe na caderneta de poupança? Veja agora 7 investimentos melhores. Esperamos por você!