O que é um IPO e quais são suas vantagens e desvantagens

ipo
SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Recentemente, os portais de notícias, os “gurus” financeiros e as plataformas de investimento discutiram bastante o IPO de empresas como C&A, Vivara, BMG e XP, esse último realizado no exterior. No entanto, você faz ideia do que seja um IPO?

Com a queda vertiginosa da taxa Selic, o interesse das pessoas pela renda variável tem crescido nos últimos meses. E aprender como funcionam os investimentos desse tipo, como ações, opções e câmbio, é o primeiro passo para diversificar as aplicações de forma inteligente.

A seguir, você compreenderá melhor o que é o IPO e se pode ser um bom negócio ou não. Acompanhe a leitura desta Spacedica!

O que é um IPO e como ele funciona?

Vamos imaginar que uma empresa de tecnologia, por exemplo, tenha a pretensão de captar mais recursos a fim de aprimorar as pesquisas, desenvolver inovações e ganhar maior fatia de mercado. Uma das formas de conseguir o capital necessário para as ambições da companhia é realizar o IPO (Oferta Pública Inicial, ou Initial Public Offering, em inglês), ou seja, uma oferta pública de ações para abrir capital na bolsa de valores.

Quando isso ocorre, a empresa deixa de lado a nomenclatura LTDA (Limitada), que costuma ter 2 ou mais sócios, e assume o posto de S.A. (Sociedade Anônima), permitindo que investidores apliquem seu dinheiro em ações ordinárias ou preferenciais. É importante não confundir o IPO com o Follow-on, que é a oferta pública de uma empresa que já tem capital aberto na bolsa.

Sabendo da intenção das empresas em expandir o negócio e arrecadar um montante considerável para realizar seus próprios investimentos, muitos estrategistas da bolsa já ficam de olho para saber se aquela empresa pode projetar bons ganhos no futuro. Todavia, preste atenção em como funciona o IPO, pois existem duas formas distintas: as ofertas primárias e secundárias.

Oferta Pública Primária

Acontece quando a empresa dá o pontapé inicial na bolsa e emite o volume de ações que será comercializado entre os investidores, visando à captação de recursos externos para fortalecer o caixa.

Oferta Pública Secundária

Quando há uma oferta secundária, isso quer dizer que as ações já são propriedades de alguém, que as quer vender, uma operação normal que ocorre no Home Broker. Contudo, o lucro obtido não tem o caixa da empresa como destino, mas o bolso dos investidores que negociaram os valores das ações.

Como é o processo de abertura?

Não basta apenas os gestores manifestarem o desejo de entrar na bolsa de valores, pois é preciso preencher todos os requisitos necessários, especialmente no que diz em relação à governança corporativa. A princípio, as companhias devem ter certeza se é isso mesmo que querem, pensando nas expectativas a longo prazo e como anda o setor que atuam, principalmente.

Depois dessa análise apurada, torna-se obrigatório que a empresa tenha o registro de abertura de capital na CVM (Comissão de Valores Imobiliários), pois só em seguida é possível pedir permissão para ser listada na B3. Como uma medida de transparência sobre o negócio, a empresa também precisa emitir um prospecto de oferta pública, que terá todas as informações relevantes que um investidor precisa saber.

É um documento que abrange fatores como o nicho de mercado, quantidade de ações, administração da empresa, objetivos em relação à captação de recursos, entre outros aspectos. Com isso, os investidores fazem uma reserva de ações junto à corretora ou ao banco para que a empresa delimite a precificação do ativo (book building); depois há um período estipulado pela bolsa até a realização, de fato, do IPO.

Quais são as vantagens do IPO para as empresas?

Os benefícios de um IPO são bem subjetivos e dependem bastante do tipo de empresa, número de concorrentes no mercado, expectativa do público e assim por diante. De maneira geral, um IPO torna-se vantajoso pelo fato de as empresas abrirem um leque de opções novas. São elas: fusões, aquisições, internacionalização ou, simplesmente, quitar as dívidas mais urgentes.

Pensando como investidor, essa pode ser uma oportunidade para a compra de ações por um valor “barato”. Principalmente se a empresa tem um negócio equilibrado e a expectativa é de aumento significativo do preço nos demais pregões.

E as desvantagens?

Seja qual for o tipo de investimento, as companhias devem se preparar para a alta volatilidade do mercado e isso pode impactar no retorno esperado pelas empresas. Manter o capital aberto requer uma série de custos. Como: manter uma equipe de relação com os investidores, cujo propósito é divulgar balanços, fatos relevantes, esclarecer dúvidas etc.

Do outro lado da balança, se porventura ocorrer uma supervalorização, a tendência é que o mercado não queira comprar os papéis ofertados e a cotação venha a cair nos primeiros meses. Isso pode ser prejudicial em uma estratégia a curto prazo. Vale lembrar também que não há como fazer análise de gráficos, nem de índices fundamentalistas, afinal, a companhia ainda está engatinhando na bolsa de valores.

Como participar de um IPO na bolsa de valores?

Sabendo dos prós e contras do IPO, você deve estar se perguntando como é possível aproveitar essas ofertas, não é verdade? Pois bem, o primeiro passo é escolher a empresa que você pretende investir. É necessário averiguar o histórico da companhia para não cair em uma furada sem tamanho.

A reserva de ações pode ser feita pela plataforma do seu banco de investimento ou corretora autorizada. Assim, você deve informar o número de ações que deseja e, naturalmente, o valor que está disposto a pagar. A precificação ocorre conforme a demanda pelas ações, sendo que o montante é dividido entre os cotistas que mais se aproximaram do preço final.

Por fim, vale enfatizar a importância de ler atentamente o prospecto fornecido pela empresa no processo de IPO. Pois é a forma mais plausível para identificar se o seu investimento será um bom ou mau negócio.

Se você gostou deste artigo e quer ficar de olho em outros conteúdos que postamos semanalmente, então aproveite a visita e curta agora mesmo a nossa página no Facebook!