Notícias que impactam suas ações e investimentos!

JSL cai 3% mesmo após registrar lucro de R$ 66,1 milhões

SpaceCast - Ouça esta matéria clicando abaixo:

Investing.com – Na parte da tarde desta sexta-feira, as ações da JSL (JSLG3) operam em queda, depois de a companhia informar que encerrou o terceiro trimestre com lucro líquido consolidado de R$ 66,1 milhões, alta de 22,4% na comparação anual. De acordo com o diretor administrativo-financeiro e de RI da JSL, Denys Ferrez, o resultado reflete parte da transformação operacional.

Diante disso, por volta das 16h18, os papéis eram negociados com queda de 2,90% a R$ 21,45.

A receita líquida total atingiu R$ 2,453 bilhões, alta de 18,6%. Do faturamento, as operações da JSL (JSLG3) Logística tiveram queda de 6,3%, para R$ 781,8 milhões; da Movida (MOVI3) registram avanço de 57,1%, para R$ 960,8 milhões; e da Vamos subiram 20,9%, para R$ 314,1 milhões. De forma consolidada, a receita de serviços avançou 5%, a R$ 1,770 bilhão, enquanto a de venda de ativos cresceu 78,6%, a R$ 682,8 milhões.

O Ebitda fechou em R$ 511,9 milhões, avanço de 21,9%, com margem de 28,9% (4 p.p.). Já o Ebitda adicionado – acrescido do custo contábil residual da venda de ativos imobilizados, que não representam desembolso operacional de caixa – somou R$ 1,167 bilhão, aumento de 50%, com margem de 47,6% (+10 p.p.). Segundo o executivo, os negócios de locação já representam mais de 70% da geração de caixa.

Para o BTG Pactual (BPAC11), a recomendação de caso de investimento na JSL (JSLG3) é uma combinação de fortes perspectivas de crescimento (expansão da tendência de terceirização de veículos no Brasil) com desalavancagem e aumento da lucratividade (o ROIC deve responder positivamente a um maior mix de contratos de locação de longo prazo. A avaliação atual de 13,6x PE2020 também é altamente atraente, reiterando a recomendação de compra.

Parceria

Receba notícias diretamente em seu celular ou tablet. Inscreva-se agora!