Que investir na caderneta de poupança não é a melhor opção, você já deve estar cansado de saber. Porém, se você é conservador e quer um produto financeiro de baixo risco, que renda mais do que a poupança e seja isento de imposto de renda, saiba que o LCI é uma boa opção.

Embora seja um investimento desconhecido por muitos brasileiros, todos os investidores — em especial, os de renda fixa — devem saber, ao menos, o básico sobre o LCI. Quer entender melhor sobre essa aplicação, suas vantagens e seu rendimento? Então, é só acompanhar o artigo. Boa leitura!

O que é LCI?

A Letra de Crédito Imobiliário, LCI, é um produto da renda fixa garantido por empréstimos do setor imobiliário. Mostra-se como um investimento muito rentável, principalmente por não ter incidência de Imposto de Renda.

Para entender melhor como funciona, vamos usar um exemplo: quando você aplica seu dinheiro na LCI, o banco utiliza esse mesmo dinheiro para oferecer para outras pessoas comprarem seus imóveis, cobrando uma taxa de juros. Em contrapartida, pega uma parte desse juro e repassa para o investidor.

A conta é simples: o rendimento que o investidor recebe é uma parte — bem menor — da taxa cobrada ao usuário do financiamento imobiliário. Assim, o banco faz a mediação da relação entre investidor (superavitário) e quem precisa de ajuda para seu imóvel (deficitário), visando ao “lucro” que vai ter. Fique tranquilo, pois o banco assume qualquer risco de inadimplência.

Quais são as vantagens e desvantagens desse título?

Entre as vantagens desse título, temos:

  • rentabilidade superior;
  • proteção pelo FGC, o Fundo Garantidor de Crédito, em até R$ 250 mil por cada CPF na instituição financeira. Dessa forma, caso a instituição na qual o investimento foi feito tiver algum problema, o investidor tem a garantia até esse limite;
  • no caso das pré-fixadas, já há a previsão de rentabilidade no momento da aplicação;
  • baixo risco.

Já como desvantagens, podemos citar:

  • o resgate do título só pode ser feito na data de vencimento determinada no momento da aplicação;
  • a data de vencimento pode ser de longo prazo para ser mais rentável;
  • a aplicação mínima é mais alta que em outros produtos financeiros da renda fixa, geralmente, acima de R$ 5.000,00.

Como e quando investir na LCI?

Para investir com segurança, é importante seguir algumas dicas que preparamos. Fique atento!

Fuja dos bancos convencionais

A primeira dica talvez seja a mais polêmica. É preciso se atualizar e buscar boas corretoras de valores para investir seu dinheiro. Isso porque os bancos costumam ter poucas opções de investimentos e retornos menos atrativos. Por outro lado, as corretoras distribuem LCI dos mais variados bancos, como título privado, então, a chance de encontrar títulos mais rentáveis é bem maior.

Conheça seu objetivo

A LCI pode ser:

  • pré-fixada: quando a pessoa sabe exatamente o quanto seu capital vai render até o momento do resgate;
  • pós-fixada: o investidor sabe que seu capital vai render, mas não consegue saber, com precisão, quanto vai ter no momento de resgate. Nesse caso, a taxa é calculada em cima de um percentual do CDI (Certificado de Depósito Interbancário) e vale lembrar que quanto maior for o tempo de aplicação, maior tende a ser esse percentual;
  • atrelada ao IPCA: é corrigida de acordo com a inflação e paga mais uma taxa de juros.

Sendo assim, é importante saber qual o seu perfil de investidor e o tipo de título mais adequado à sua realidade e aos seus objetivos no momento.

Tenha uma reserva de emergência

Se você ainda não tem uma reserva de emergência, nem pense em aplicar seus recursos na LCI, tendo em vista seu prazo de carência — sobre o qual falaremos mais adiante. Essa reserva é um fundo que você deve ter para se manter e estar prevenido, caso ocorra algum imprevisto, e deve ser o primeiro investimento de qualquer pessoa.

Nós nunca sabemos quando o imprevisto vai surgir, não é mesmo? Por isso, a reserva de emergência deve ser feita em algum título que não tenha prazo de carência, mas que, geralmente, rende bem menos que uma LCI.

Faça os cálculos

Você pode encontrar uma infinidade de opções de LCI no mercado, com rendimentos e prazos distintos, por isso, calcule e veja qual vale mais a pena, tendo em vista suas prioridades. Nesse momento, observe e inclua no cálculo todos os detalhes e custos, por exemplo, se a corretora cobra taxa de custódia ou não.

Além das LCIs, existem vários outros títulos no mercado, seja de renda fixa, seja de renda variável. Um bom investidor deve sempre estar atento a esses produtos, a fim de comparar seus rendimentos e saber fazer a melhor escolha.

Qual o prazo de resgate da LCI?

Quando se fala em renda fixa, é necessário atentar para dois prazos: o de vencimento e o de carência. O prazo de vencimento é a data em que o investidor vai resgatar seu capital aplicado mais o total de seus rendimentos. Já o prazo de carência é o prazo mínimo simplesmente para a retirada do capital aplicado.

Para as Letras de Crédito Imobiliário, o CMN (Conselho Monetário Nacional) define que o prazo de carência costuma ser de, no mínimo, 90 dias. Assim, é recomendável que a pessoa tenha certeza de que, antes desse prazo, não vai precisar do dinheiro que foi aplicado.

LCI: investir ou não?

Mesmo que você tenha chegado ao final deste artigo entendendo tudo sobre a LCI, pode ser que ainda não saiba dizer se é a melhor opção para você. Por isso, é importante conhecer outras formas de investimentos, como os títulos públicos e a previdência privada, para que você mesmo faça a análise de qual se encaixa melhor em seus objetivos.

É importante lembrar, portanto, que a LCI é uma ótima maneira de diversificar sua carteira de investimentos, principalmente, no cenário de instabilidade que o mercado financeiro está passando no Brasil. Seguramente, esse momento de instabilidade não deve amedrontar os investimentos nesse título, tendo em vista tudo o que já foi falado aqui sobre suas garantias, lucratividade e segurança.

Gostou das nossas dicas para investir na LCI e ajudar no desenvolvimento de seu patrimônio financeiro? Então, compartilhe as dicas com seus amigos em suas redes sociais e nos ajude a ter uma sociedade mais rica!

[rock-convert-cta id=”52614″]

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online