fbpx

Parceria r7.com

Antes de o novo coronavírus atingir o Brasil, o mercado de investimentos no país já mostrava que o cenário estava mudando. Por causa da queda da taxa básica de juros, a Selic, as aplicações em renda fixa perdiam atratividade e centenas de milhares de pessoas, todos os meses, migravam uma parte de seu dinheiro para a renda variável, em busca de maior rentabilidade.

Esse movimento se intensificou com a chegada da pandemia ao país. Ok, os juros continuaram caindo, prejudicando ainda mais os retornos da renda fixa; mas, além disso, os investidores passaram a ficar mais tempo em casa e mais tempo online, conhecendo assim outras possibilidades para aplicar o seu dinheiro. Caderneta de poupança, nunca mais!

Mas aí surgiu um grande desafio: qual plataforma de investimento escolher para que o dinheiro renda mais, com segurança? Após pesar os prós e os contras, milhares de pessoas, desde o início do ano, optaram por confiar no modelo da Órama, a pioneira entre as plataformas digitais de investimento no Brasil e vencedora do Prêmio Yubb de melhor empresa de investimento (Yubb, 2019).

Desde 2011, ano de sua fundação, a Órama desenvolve um modelo de atendimento que visa oferecer aos seus clientes a melhor experiência com seus investimentos, tendo como pilares tecnologia, educação financeira e assessoria de especialistas.

Mais benefícios aos clientes

“A cultura da Órama é de fazer sempre melhor. Por isso, no início deste ano nós implantamos uma nova forma de atendimento aos clientes, mais clara e eficiente, respeitando as necessidades e os desejos de cada um”, diz o head Comercial e de Gestão de Recursos da plataforma, Hugo Azevedo.

Na prática, a área de atendimento da corretora passou a modelar a experiência de investimentos junto com os clientes. E isso começa assim que um(a) investidor(a) abre sua conta gratuitamente na Órama e recebe o primeiro telefonema de um assessor de investimentos. O profissional, então, identifica se o cliente prefere um acompanhamento mais próximo da sua carteira (deixando combinada uma rotina de interações) ou o autosserviço, tendo à disposição o atendimento telefônico receptivo. 

“Investidores mais jovens, normalmente, preferem se autosservir. Já os clientes acima de 40-45 anos valorizam mais o contato próximo com o assessor de investimentos”, explica Azevedo. “Essa customização tem mostrado ótimos resultados e é um dos fatores que explicam a explosão do número de clientes que registramos nos últimos meses.”

Produtos/Serviços Parceiros

Conteúdo direcionado

Outro fator que levou ao expressivo aumento do número de novos clientes na Órama — o resultado de julho de 2020 foi quatro vezes maior que o de janeiro — é a curadoria de conteúdo. O que quer dizer isso?

Significa que, todos os meses, os clientes recebem estratégias elaboradas pelos especialistas da plataforma com base no cenário econômico do Brasil e do mundo. E têm acesso a dicas, orientações e análises no blog, em vídeos e podcasts educativos, encontrados nas redes sociais, site e aplicativo da Órama (disponível para os sistemas operacionais Android e IOS).

O objetivo é oferecer as ferramentas necessárias para boas decisões de investimentos. Assim, as áreas de produtos e marketing da Órama atuam em conjunto para criar conteúdos direcionados sobre bolsa de valores, fundos imobiliários, renda fixa corporativa e outros assuntos relevantes, exclusivos para clientes.

“Estamos fazendo com que a curadoria de investimentos seja cada vez mais técnica e melhor. Para isso, nossos assessores terão um total de cem horas de treinamento este ano”, completa Hugo Azevedo.

Abra já sua conta gratuita na Órama e faça seu dinheiro render mais!


Publicidade

  • Aplicativo SpaceMoney



  • Parceria r7.com

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online
  • © 2020 – SpaceMoney Brasil Informações e Sistemas Ltda. Todos os Direitos Reservados.
    A SpaceMoney é um veículo informativo e não faz recomendações de investimentos, não podendo ser responsabilizada por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.