O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, encerrou o pregão desta terça-feira (12)  em queda de 1,49%, totalizando 106.751,11 pontos.

A baixa vinha desde o início da sessão e se acentuou após o discurso do presidente dos EUA, Donald Trump. Sua fala não trouxe novidades em relação ao acordo tarifário entre China e EUA, mas teve algumas provocações à potência asiática.

Dólar

Por sua vez, o dólar comercial terminou o dia em alta de 0,582%, cotado a R$ 4,16.

Veja outros fatores que influenciaram os marcadores ao longo do dia:

Cenário externo

América Latina

Os investidores estão apreensivos com a América Latina em razão de sua constante instabilidade. A volta do kichnerismo, na Argentina, os constantes protestos contra Sebastián Piñera, presidente do Chile, e, recentemente, a renúncia à presidência de Evo Morales, no Chile, pressionado por uma junta militar, causam apreensão nos investidores.

Cenário interno

Instabilidade brasileira

Entre as preocupações dos investidores, a insegurança jurídica é um dos pontos importantes. A decisão da semana passada do Supremo Tribunal Federal (STF), que mudou sua opinião novamente sobre a prisão antes do trânsito em julgado, reforçaria a instabilidade no país.

A possibilidade de união da oposição no Congresso e no Senado somou-se com a confirmação da saída do presidente Jair Bolsonaro do PSL. Essa é a nona mudança partidária na carreira do presidente.

Trabalho Verde e Amarelo

Foi anunciada ontem (11) a criação do Contrato Verde e Amarelo, que busca inserir jovens de 18 a 29 anos no mercado de trabalho. Segundo o governo, por meio da redução de taxas, os custos para o empregador pode ser de até 30%. A expectativa é que se crie até 1,8 milhão de empregos de até 1,5 salário mínimo até 2022.

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online