Você costuma utilizar inúmeros aplicativos ou planilhas para acrescentar informações dos ativos que compra e vende? Saiba que você pode economizar muito do seu tempo apenas acessando a plataforma CEI.

Mais do que prestar atenção em dicas de investimento, torna-se fundamental que você coloque em prática o que aprende e tenha autonomia para identificar os melhores caminhos em se tratando do mercado financeiro. Afinal, você conhece como ninguém seus objetivos e metas a curto, médio e longo prazos.

Neste artigo, você entenderá o conceito do CEI, qual a sua importância e como é possível acessá-lo. Acompanhe a leitura e confira!

O que é o CEI?

De forma geral, entende-se que o CEI (Canal Eletrônico do Investidor) é um sistema online oferecido pela B3, a nossa famosa bolsa de valores. A finalidade dessa plataforma é disponibilizar os dados referentes aos investimentos de maneira simples para os acionistas, de modo que todos façam seu próprio controle para manter a educação financeira em dia.

O CEI tem a missão de listar as suas transações efetuadas pelo banco emissor ou corretora de valores, mostrando compras e vendas realizadas nos últimos 18 meses. Vale ressaltar que a plataforma foi criada pela CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia), responsável por realizar a custódia, a liquidação e dar as devidas garantias quanto às operações efetuadas na bolsa.

Qual é a importância do CEI?

Levando em conta os princípios exigidos de uma governança corporativa de qualidade, cuja transparência é um dos principais fatores, o CEI é de suma importância para mostrar ao investidor que os ativos estão devidamente seguros. É uma ferramenta útil para reunir várias informações em um só local, algo que, inclusive, facilita muito na hora de declarar o imposto de renda.

Os investidores não terão o trabalho de consultar seus extratos em cada instituição que faz o intermédio das operações. Então, sendo assim, todos os dados sejam cruzados para dar tranquilidade quanto às consultas e saber o saldo das movimentações financeiras. Em casos de split de ações ou integração de units, por exemplo, você terá noção exata de quanto passou a ser o seu preço médio em relação aos ativos comprados.

Outra vantagem importante é saber quais as porcentagens de investimentos em renda fixa e renda variável. Assim, você conseguirá planejar uma diversificação de carteira que respeite seu patrimônio líquido.

Além disso, ao consultar sua movimentação, você terá como apurar se a instituição contratada está certificada de fato. Sendo assim, conferir se todas as informações que ela apresenta constam em seu CPF.

Qual é a diferença entre os segmentos BM&F Bovespa e Cetip UTVM?

Se você já acessou a plataforma CEI, provavelmente deve ter percebido uma divisão de extratos entre dois segmentos distintos: BM&F Bovespa e Cetip UTVM. No entanto, partindo do princípio de que as duas empresas fizeram uma fusão em abril de 2016, por que será que as informações aparecem separadas no sistema?

Pois bem, cada área da B3 é responsável pela custódia de determinados ativos, ou seja, a BM&F Bovespa, por meio da CBLC e do Tesouro Nacional, tem a incumbência de cuidar dos investimentos ligados a renda variável e títulos públicos. Em contrapartida, a Cetip é responsável por informar as aplicações em renda fixa, como o CDB, a LCI, a LCA, as Debêntures, o CRI, o CRA e assim por diante.

É interessante observar que nem sempre as informações referentes aos seus investimentos em renda fixa aparecerão de cara no CEI, pois é preciso que o seu banco emissor ou corretora de valores tenha o registro Cetip Certifica. Essa é uma forma de promover mais segurança em relação às movimentações, de modo que os investidores recebam extratos legítimos da custodiante.

Quais são as informações disponíveis para consulta?

Ao entrar no portal do CEI, terá à sua disposição um dashboard simplificado com links rápidos para consulta dos ativos custodiados, posição percentual de investimentos e avisos relevantes da B3.

Você tem a liberdade de desmembrar informações de acordo com o cadastro em cada banco ou corretora. É possível consultar tanto pelos links quanto pelo menu inicial.

Na aba de investimentos, você pode pesquisar o portfólio completo, os derivativos, as garantias, os títulos de renda fixa e os proventos. Dados referentes aos dividendos e juros sobre capital próprio que constam disponíveis para recebimento.

Com relação aos extratos e informativos, você pode consultar diversos relatórios separados por datas e segmentos, sendo possível acessar, até mesmo, o mercado futuro.

Todos os relatórios contam com opções para visualização via PDF ou download de planilha do Excel. Isso vai facilitar bastante o controle financeiro das aplicações que realiza.

Você pode também configurar o envio de extratos para o seu e-mail de preferência, identificar ofertas públicas de ações e alterar sua senha de acesso ao sistema.

Como realizar o cadastro e acessar o CEI?

Não há necessidade de fazer um cadastro em si. No momento em que você abre uma conta de investimentos na instituição financeira autorizada, aparecerão em seu e-mail todas as informações necessárias para que entre na plataforma e desfrute dos recursos disponíveis.

É fundamental que você leia o e-mail e guarde a senha, pois ela será imprescindível para dar a permissão de acesso.

Obviamente que você pode trocar a senha depois. Mas cuidado para não a preencher de forma errada por mais de três vezes. Isso pode causar o bloqueio temporário da conta no CEI.

Mesmo que você tenha vários cadastros em bancos e corretoras, não há necessidade de se preocupar. O sistema identificará todos os seus investimentos por meio do CPF informado.

Vale lembrar que, por questões de segurança da própria B3, há a exigência da troca de senha a cada seis meses. Portanto, fique de olho nisso para não levar um susto ao tentar a entrada no sistema.

No caso de não lembrar a sua credencial, o procedimento também é muito simples. Basta clicar em “esqueci minha senha”, preencher as informações solicitadas e ficar de olho no e-mail para pegar a nova credencial.

Em resumo, perceba que o CEI não é um bicho de sete cabeças. Trata-se de um facilitador em termos de organização, de modo que você pode ter a tranquilidade de saber que os seus títulos e ativos comprados estão muito bem guardados.

Então, se você gostou deste artigo e quer ficar por dentro de todas as novidades lançadas no blog, então, não perca essa chance e se inscreva em nossa newsletter agora mesmo!

  • Simulador Online de Investimentos SPACEMONEY

    Acesse nosso Simulador de Investimento e descubra as melhores aplicações financeiras para o seu bolso e perfil.

    Simulador Online